domingo, 27 de fevereiro de 2011



Interessa aos bandidos o massacre de policiais que atuam e erram em serviço. Comparar policiais aos bandidos porque , na refrega com arruaceiros ( no mínimo ) acabam atingindo um deles, é dar corda para este tipo de gente.

Uma pessoa que cumpre sua obrigação com lisura e erra em situação de estresse não pode ser tratada como essa gente que não respeita nada. É como o médico que erra e tem o paciente morto em situação emergente.

A morte havida na favela do bairro da Serra em Belo Horizonte- MG não foi meramente um acaso. A bandidagem desce ou sobe daquela favela como caudais de crimes e nada é feito pelo poder público. Demorou haver um final destes: Tiros e mortes de gente na refrega.

Um bairro tradicional, bonito, com gente boa vai sendo deixado para trás por quem quer viver em lugar saudável. Em vez de responsabilizar os policiais a ponto de um deles não suportar o que a imprensa disse sobre ele e matar-se, deviam virar suas metralhadoras giratórias para quem é o verdadeiro responsável.
Depois, ainda aparece quem defenda uma imprensa boquirrota. Escrevem e falam o que lhes dá na telha e , depois, ninguém responde por isto.
A bandidagem agradece.

Quer saber mais ? KLIKA


10 comentários:

Maria Eugênia. disse...

A verdade é a seguinte: a cidade de Belo Horizonte está abandonada, da zona norte à zona sul, leste à oeste. Sem policiamento, sem limpeza, moradores e contribuintes municipais estão praticamente relegados à segundo plano. 1º plano: conchavos políticos pensando na eleição municipal em 2012. Agora eu pergunto (aliás a grande maioria dos belorizontinos): como o Prefeito Márcio Lacerda foi eleito melhor prefeito do Brasil? Se o melhor está assim, tenho pena dos municípios sob a gestão dos medíocres.

Jens disse...

Oi Magui.
Não tenho conhecimento dos fatos a que te referes. Na verdade, superficialmente ouvi algo a respeito. Assim, melhor não tecer maiores comentários. Porém, permito-me externar a convicção pessoal de que o Estado e seus agentes não podem atuar à margem da lei para combater os fora da lei (como aconteceu de forma odiosa em São Paulo, onde policiais da corregedoria despiram à força uma inspetora suspeita de prevaricação. Presumo que você saiba do que se trata). A Bíblia ensina: "Se um cego guiar outro cego ambos cairão no abismo".
***
Fizeste aniversário? Se a resposta for sim, receba meus votos de saúde, proposperidade, felicidade, sorte e muito amor na tua vida. Se a resposta for não, continua valendo.

Beijo.

Nanda disse...

Magui, os valores estão invertidos e vemos situações assim. Corrigi seu link na caverna, ok? Boa semana!

Vi e falei disse...

É assunto sério!!! E não é em uma cidade só, ou Estado. É geral.

Estou com problemas "pessoais" em relação ao blog. Estou limitada sem poder escrever coisas que quero, pois se faço isto, tem uma certa criatura (que está fora agora) que se coça até me dar problemas. E estou em um momento muito feliz da minha vida para querer problemas ;)
Estava pensando em colocá-lo privado e enviar convites para as pessoas de quem gosto da visita - e só estas poderiam ver o que escrevo...porém, vi que o Blogger - quando se manda convites, ele pede um login do Google, e possivelmente nem todos tem conta Google.
Eu encontrei uma ferramenta que eu pudesse bloquear por região/zona/País - que é o que me atenderia em parte também.
Mas não consegui ter certeza que funciona no Blogger.
Então até achar uma solução vou deixar lá meio bloqueado a todos... ;( No momento para servir de "semancol" para a dita cuja e vou postando coisas sem muito da minha opinião. O que acho chato, bloqueio da minha liberdade...mas OK por hora ;)

DO disse...

Como bem disse a Nanda: os valores andam totalmente invertidos,Magui.
O pior é que a parece que a sociedade não pensa,não raciocina,e se deixa manipular.
Muito triste isso.
Bjo

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Mudou o endereço do blog hein... Bem, eu sempre valorizo a Polícia, tão mal falada em nossa imprensa que muitas vezes passa a mão na bandidagem.. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

J.F. disse...

Magui, tem muita coisa errada, muita inversão de valores. Lógico que não sou a favor de ver policial atirando a esmo. Mas, sou a favor de policial atirando no cumprimento do seu dever que é, antes de mais nada, defender sua própria vida, e, também, defender a sociedade. Acontecem erros? Acontecem e devem ser apurados. Mas, não acho justo o massacre puro e simples de um policial estressado, acuado, com problemas financeiros para poder sustentar a família, com medo que seus vizinhos descubram que ele é policial, e assim por diante. Há três anos, aqui no sítio, fomos invadidos por um bando (5 canalhas). Felizmente, a ação foi percebida e foi chamada a polícia -que chegou em poucos minutos e a tempo de evitar que ocorresse qualquer coisa. Os bandidos, para poderem fugir, pegaram uma empregada como refém e começaram o tiroteio. A polícia revidou, porém somente após a refém ter caido e ter deixado de fazer o papel de escudo humano. Infelizmente, não conseguiram prender nenhum (e nem acertaram nunhum!). Porém, o mais lamentável foi ver, depois, os policiais apreensivos em como iriam explicar, na Delegacia, que eles atiraram nos bandidos, apesar de ter sido REVIDE. Ora! Isto é um absurdo! É uma situação constrangedora para eles, afinal, estavam cumprindo com o dever. Ou seja: bandido atirar, pode! Polícia, não pode! Se atirar, imprensa cai matando! Sei que liberdade de imprensa é necessária e essa coisa toda. Mas, também acho que a imprensa deveria ser mais séria, mais responsável. Por exemplo: nessa atual onda de assaltos a joalherias de shoppings. A imprensa divulga tim-tim por tim-tim os passos seguidos pelos bandidos. Mostra todas as facilidades que eles têm e as deficiências e dificuldades dos shoppings com a segurança. Enfim, ensinam todo o caminho das pedras para outros bandos fazerem a mesma coisa. Liberdade de imprensa? Lógico que sim! Mas, exercida com responsabilidade.
Abração.

Nana disse...

Legal...mudou pro blogspot...estou pensando em migrar td... mas quero tentar trazer os post. Tem selinho no blog pra vc! Passa lá! Bjs e fik c Deus.

Aninha Pontes disse...

Magui:
O que sei é que a mídia faz o que quer. Se interessar, faz um ídolo, se interessar o contrário, faz um vilão.
Não podemos negar o poder da mídia, que faz as coisas de acordo com seus interesses.
Agora, o que lamento, é sentir, que não confiamos na polícia, que devíamos confiar.
Um beijo

Engraçadinha disse...

Desculpa fazer comentário nada a ver com o post, mas fiquei felicíssima de te ver no blogspot. Agora posso te ajudar a incrementar seu template!
Seja bem vinda!