domingo, 12 de junho de 2011

Coisa de novo rico

 Battisti! Quanta bobagem apoiada nos recalques recíprocos. Um país como a Itália que se sustentou durante século, incentivando seus miseráveis , espertinhos e até criminosos a debandarem-se para a  América ...

A Itália manteve-se altiva, sofisticada e limpinha enquanto colocou porta afora os seus pobres coitados que chegaram por aqui cheios de doenças, com os dentes caindo aos pedaços, para trabalharem como nenhum dos que lá ficaram, jamais fizeram em suas vidas. Não fossem estes, todos morreriam de fome. Agora, um seu homem público corrupto e sacana, quer tirar onda por conta de um criminoso nascido dos tiros recíprocos de vendetas, talvez, políticas.

É muito pouco para ofensas nacionais. Mais parece com aquele caso de um menino nascido de pai estadunidense e seus avós, cariocas, metidos a besta. Nas devidas proporções, o povo brasileiro nada tem com os fatos para   ser ofendido.

O Velhaco deve ter negado a extradição do italiano que ri, apenas como coisa de novo rico; só para mostrar como é bom ser tratado como república das bananas. Não foi àtoa que alguém , lá da Itália, falou que não eram república das bananas como quem dissesse que o Brasil o seria.

Bem feito! Quem mandou cutucar onça com vara curta... Se aqui entrou tantos italianos de segunda, mais um menos um não vai fazer diferença nenhuma.

Um comentário:

DO disse...

O caso deste assassino já passou de todos os limites do bom senso.Fosse outro governo normal,e já o teriam extraditado. Mas a quadrilha petista adora chamar a atenção e bater o pé.
Bjo