sábado, 15 de outubro de 2011

Rubiácea

Ao que se resumiram os homens, Affe!



A invasão do prédio em frente à minha casa acabou. A invasão foi no sábado à noite e na terça o juiz deu a liminar para a desocupação. A CESAN já havia cortado a água pois eles fizeram ligação clandestina. Na verdade, nem sei qual a intenção desse pessoal pois não houve ocupação total mas somente na garagem. Na quarta-feira, a advogada fez reunião com um grupo grande e eu acho que eles já foram embora com ela. Não vi nada , então não sei. Só sei que na quinta-feira os portões ficaram abertos pois ladrão quando assalta não fecha porta na saída.
O cara que toma conta do prédio está num medão daqueles pois foi ameaçado de morte pelo lider da invasão. Até a OAB foi solicitada a intervir com a advogada. Eu acho exagero. Deve ser fofoca de cidade pequena onde o fato mobilizou até turista que veio ver no que deu.  Não posso crer que um bando de desocupados tenham idéia que um edifício de cinco andares possa ser ocupado sem reação de seus donos. Na certa o cara não bate bem da bola.
Para mim teve um lado bom pois fiquei sabendo quem é o verdadeiro dono.É um ricaço de Colatina-ES, produtor de café com exportação até para a Rússia.

Na sexta-feira, passaram o cadeado nos portões mas as  luzes continuam acesas. Eu acho que tudo terminou mas não é bom esquecer que o estado é campeão de crimes  de mando e o preferido é tiro na nuca, no meio da rua. Pensar que eu saí de Belo Horizonte- MG para morar neste fim de mundo...Até hoje, por mais que me pergunte, não consigo entender.
O que o mineiro não faz para ficar perto do mar !

2 comentários:

Jota Effe Esse disse...

Não é só mineiro que quer ficar junto do mar, todo mundo que mora no interior também quer. Mas não esqueçam que as tsunames pegam primeiro quem está perto do mar! Meu beijo.

Engraçadinha disse...

Kkkkkk. Já disse pra vc vir pro Rio, mas vc não me ouve!