quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Não Foi Acidente


Foi criado o movimento Não Foi Acidente, para propor projeto de lei, contendo alterações no Código de Trânsito, desqualificando acidente de trânsito decorrente de embriaguês, como falta administrativa  para crime de trânsito.

A petição popular, propondo leis ou alterações de leis é prevista na Constituição Federal e pode ser elaborada pela net ou por listagens escritas, por cidadãos identificados como tal, isto é, pelo Título de Eleitor.

Esta iniciativa está contida  AQUI


Eu convido meus leitores a participarem desta iniciativa, acessando o site,preenchendo os dados e assinando na manisfestação moderna da cidadania.

Você que não gosta de participar publicamente, nas ruas ou em quaisquer lugares fora de sua casa,esteja presente nesta ocasião, divulgue como puder.
                              
Já basta a interpretação equivocada do Poder Judiciário, sempre distante dos reclamos populares, pairando sobre o país como nuvem inútil mas agourenta , como a morte que vem dos céus sem que possamos controlar. Precisamos pressionar estes parasitas da nação, que, como totens mortos, nada fazem para o desenvolvimento da sociedade nacional.

4 comentários:

tony disse...

Assinado!
Dos anteriores: os migrantes, de forma generalizada, são uma versão recortada daquele retrato maldoso que costumeiramente é feito tanto no Brasil quanto fora dele, por estas mesmas pessoas.

== // ==

Do Elvis ficou a imagem e o amor dos fas. Pelo primeiro, muita gente vai tentar fazer dinheiro nos bolsos dos segundos.

== // ==

é muito bacana ver o Teló fazendo sucesso. A musica é um grude, como tantas outras foram. A historia dela é, basicamente, a sintese da cantada, do mais "pedreiro" aos rotuláveis das novelas. É uma outra forma, que muita gente não gosta justamente por ser intensamente identificado com ela, de representar a cultura nacional.

DO disse...

To nessa,Magui. Aliás,passou da hora de mudarem a lei. Bjo

Engraçadinha disse...

Muito inteligente a iniciativa.
Vou lá.

Maria Inês disse...

Olá! A turma daqui de casa já assinou. Os estudantes daqui estão fazendo um abaixo -assinado para que os vereadores não tenham aumento de 61% para a próxima legislatura. Temos que reagir a tanta bandalheira. Só assim esperamos fazer um país menos pior. Bjs.