quinta-feira, 26 de abril de 2012

Os ladrões dos ladrões

Lindinhos na dança
                           
Uma pesquisa descobriu queda de quase dez por cento no número de telespectadores.Isto que dizer que um número alto de pessoas não quer ver televisão de nenhuma espécie.Preferem ir à internet ou outra forma moderna de rede em computadores onde podem conectar-se com o mundo e programas.

Eu sou uma delas. Minha televisão fica desligada e quando ligo me dá engulhos.Primeiro, um erro absurdo é não podermos  acessar canais de vários lugares. Ao contrário,somos submetidos a ver canais do mesmo lugar que não é de onde moramos ou não nos interessa. Nem falo de onde para não ter problemas  com  habitantes locais.Já me basta ver crimes e maracutaias desse lugar e não quero nenhum habitante destes, vindo me dizer desaforos no blogue.Antena parabólica é uma piada de mal gosto com seus canais de televisão sem critatividade alguma, passando os mesmos programas repaginados e noticiários idênticos, até na sequência das notícias.

Ainda se fala em globalização.Que globalização quando nos impõem até mesmo a aparência de botocados, lipoaspirados e viciados em proteina do leite? Gente enfiada  guela abaixo, tidos e havidos como bonitos e nós, fora do padrão.Impõem estilos, cantoras que mais esguelam e saracuteiam que, propriamente cantam.Aí de quem não goste deste padrão.

Continuo defendendo a tese do pagamento de direito autoral aos bandidos.Há muita gente ficando rica, descrevendo e falando sobre os crimes, sua execução e seus autores. Se ligamos a televisão, gratuita ou paga, só tem filme sobre crimes  na real ou na ficção, tudo copiado dos bandidos que não  levam um tostão na brincadeira. Direito autoral deve ser pago a todos, até aos criminosos se a autoria da história é deles.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

A luta não acabou

Notícia nos dá conta que um grupo de moças sumiu na rodovia entre São Mateus-ES e Prado-BA. As estradas , nesta região, desertas, são muito perigosas para mulheres sozinhas.

 De certa feita eu precisei ir a Ecoporanga-ES a trabalho. O sol estava inclemente. Na volta, um carro me perseguiu, tentando forçar-me  parar.  Colava na traseira do meu carro, passava na minha frente, diminuindo a velocidade, jogou o carro para que eu parasse no acostamento. Então, na minha frente, apareceu um caminhão bem lento e vi a oportunidade de ultrapassar, deixando-o entre nós dois. Não vi a faixa contínua e, na frente do caminhão estava o Posto da Polícia Rodoviária.Por isso ele transitava devagar. Eu, muito nervosa não percebi. Fui parada e o motorista  do carro perseguidor, escancarou-me  seu riso boçal e sumiu na estrada. Desci do carro, tentando explicar ao policial, um rapaz de menos de trinta anos, porque infringira a lei de trânsito. Mas ele estava mais preocupado em multar-me e me passar carão do que ouvir minha explicação e tentar ir atrás do vagabundo.  Acho que por ser descendente de espanhol, sapateei de raiva como taconeam os flamenguistas e fui multada antes de seguir viagem, suando por todos os poros. Um pesadelo inesquecível.

É assim que funciona a sociedade cretina onde não é permitido à mulher  viver sua liberdade. A nossa luta pela igualdade não terminou.  Mulheres continuam sendo estupradas, mortas, espancadas, injuriadas, discriminadas, sequestradas em ruas, avenidas, estradas para serem compradas e vendidas . Tudo para que sejam colocadas em seu devido lugar.

Televisiva famosa, mestiça do cão, idolo  dos adolescentes é um dos muitos péssimos  exemplos porque insentiva o que de pior tem no sistema machista que é o olhar concupiscente  retrógado e as atitudes que levam homens a comprar mulheres e estas a venderem suas vidas. Agora, o sistema quer legalizar a exploração do corpo da mulher, fazendo dele lata de lixo de homens com sexualidade dos chimpazés.

A televisão mostra mulheres dissecadas em sua forma de ser, como pobres coitadas, beirando à esquiziofrenia. De outro lado, se a mulher é forte e de pulso não pode ser mulher,sendo achincalhada como se fosse masculinizada, conforme aparece um cretino no Youtube, imitando a presidenta,sendo prontamente contratado por programa humorístico de segunda categoria mas apadrinhado pela platinada. Tudo para desmerecer a mulher, por estes pândegos sem limites.

Mas o pior, pior mesmo são as alienadas,as absolutamente estúpidas, tapadas, microcéfalas, contra as feministas  na busca pela mudança contra este estado de coisas, enquanto locupletam-se da luta renhida e não acabada.


 A mim, sobrou-me o protesto por aqui, visto não ter mais forças para lutar nas ruas ou tribunais.Quero viver para ver reais mudanças e o fim da  crueldade, pendente da inveja e da certeza  da  inferioridade.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Pedofilia no Irã

                              
Na tarde do último sábado, o diplomata iraniano Hekmatollah Ghorbani teria tocado partes íntimas de quatro meninas com idades entre 9 e 15 anos enquanto mergulhava na piscina de um clube, em Brasília. Consta que pelos menos oito crianças teriam sido abusadas, em outras ocasiões. Segundo o Código Penal brasileiro, o ato é qualificado como estupro. Entretanto, o governo do Irã argumenta que seria diferença cultural entre os dois países. Isso demonstra que por lá  os atos libidinosos da autoridade  iranina não é crime mas coisa normal.

Até quando a mulher será humilhada diante da sexualidade de pan troglodytas disfarçados de homo sapiens  sapiens, e , ainda tão longe  da evolução da espécie humana?

Já não vejo televisão para não ver estes assuntos terríveis que alimentam os notíciários televisivos, pinçados  com lupa nas desgraças pelo mundo.Nos anos sessenta apareceu um filme italiano de nome Mondo cane. Não fui ver, embora tenha feito muito sucesso. Hoje em dia, todo dia é dia de mondo cane.

Gente complicada...

                                
Canários na poça da rua

As coisas andam de tal jeito que estamos sendo forçados a fazer o que não éramos há tempos atrás. Um menino que se diz ateu foi discriminado , em Curitiba- PR, porque recusou-se a rezar na sala de aula. A professora mandou-o retirar-se da sala e, no final, deu até polícia.

Imagine que em meados do século vinte, minha professora de trabalhos manuais, no Instituto de Educação de Minas Gerais,Dona Ephigênia ( Atentem para a grafia vetusta!) fazia-nos ajoelhar para rezar, quando começava a aula.Uma colega, Eugênia, não ajoelhava porque era metodista. Ajoelhar machucava o joelho e  detestávamos. Já fazíamos balbucio , fingindo que estávamos rezando mas era bagunça por conta do ridículo da cena. Então, combinamos  não ajoelhar e dizer que éramos protestantes. O número de alunas, aula a aula, aumentava, não ajoelhando e com a mesma justificativa. Depois de algum tempo a professora acabou com a bobageira, cancelando a  oração. E, sem dizer bulhufas.

Éramos mais inteligentes, menos exibicionistas ou as escolas eram melhores?

Mais? KLIKA

terça-feira, 17 de abril de 2012

No chicote !

                                
Outro dia eu passei, à pé, por um sujeito que estava apeado da moto, ao celular, dizendo que não ia aceitar o emprego enquanto estivesse no Seguro-Desemprego.Ele estava trabalhando em outro lugar sem carteira assinada e, na soma, não valia à pena.

Agora leio que decreto foi publicado, obrigando o trabalhador fazer curso de reciclagem depois de três motivos para o seguro, em dez anos. Acho pouco. Na ciranda de emprego e desemprego havido no país, o prazo de dez anos faz pouco em três desempregos. Tem gente que faz disso indústria.E eu conheço alguns que, sem o mínimo peso na consciência, requerem o seguro e passam a vida, jogando com o dinheiro público.E, são às vezes os primeiros a falarem mal dos corruptos. Como sempre. Por isso não tenho pena desse povo que  que faz jus ao seguro. Tem cara de bobos mas são espertinhos.


De qualquer forma, um passo foi dado e deve ter sido baseado em média de  estatística. Um país como o nosso  e com o sistema federativo é difícil organizar tudo.Dá sensação de bagunça perene. No mais é uma forma de insentivo à reciclagem e ao estudo.Por isso mesmo o Ministério da Educação vai fazer o seu papel. O avanço do país passa pela atualização contínua do trabalhador. E, se não  o fazem por bem, haverá de ser no chicote.

Mais detalhes? KLIKA

Tão diferentes mas amamos o mesmo homem

                              
Estou nostálgica. Com saudades. Talvez seja o tempo chuvoso que não me vai bem. Então, minha cabeça viaja por mundos empíricos, só entendidos por quem tem o hábito de fazer vaguear a mente. Amores vem e vão e  meus dois amores, seguramente, estão juntos me esperando.

Costumo dizer para fãs de Elvis que amamos o mesmo homem. Pois bem, a mãe deste homem que enfeita este texto mora no interior de Minas Gerais, na zona rural .Isso não impediu que ela e eu amemos o mesmo homem. Ela colocou o nome do filho de Elvis Presley. Ele tem vinte e três anos. Elvis morreu há 35.

Elvis procurava resposta para a pergunta: - Por que eu?

Nunca saberemos...

sábado, 14 de abril de 2012

A vingança do elefante

                               
O rei de Espanha foi caçar em Botsuana , África, caiu e quebrou a bacia. O elefante morto valeu trinta e sete mil dólares para o inútil. Enquanto o povo briga nas ruas em protesto pelos problemas sociais e políticos,  o senhorzinho vai matar elefantes.

Quer saber mais ? KLIKA 

Reações locais? KLIKA 
Parece piada? Mas não é: KLIKA

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sem cérebro

                               
Tocou o telefone fixo, bem cedinho.A voz era grosseira, má dicção. Dizia que eu havia sido sorteada, pelo meu cartão de crédito. Perguntei sobre  o prêmio.  O homem perguntou meu nome. Insisti sobre o prêmio. Ele insistiu sobre o meu endereço.Eu disse que não tinha cartão. Admirou-se pois eu havia sido sorteada por meu cartão.Qual era meu banco? Não tenho banco nem cartão.Como assim? Todo mundo tem cartão e banco.Qual o prêmio, insisti. Uma Bíblia personalizada, gravada a ouro o meu nome, com páginas finalizadas a ouro,caixa de couro legítimo ( ? ).Respondi que não queria Bíblia evangélica pois era católica. Temos Bíblias católicas. Não quero Bíblia nenhuma. Fazemos questão, dê seu endereço. Não quero Bíblia, sorteia outro.E, desliguei.

Por estas e outras que o mundo anda regido pela batuta de entendimento religioso equivocado. Por isso é que um grupo religioso, com imagens de Nossa Senhora, fez parada na frente do STF para buscar que fetos sem cérebro pudessem desenvolver-se no ventre da mulher como se gente fosse. A falta de generosidade com estas mulheres é pior do que defender suposta pessoa a nascer. Sabendo disso, abusos de gente ordinária acontecem. Equívocos para dominação de corações crédulos.

Deus tá vendo ! Eles estão certos: Anencéfalo é questão de interpretação..

Tá por fora? KLIKA

Para saber tudo? KLIKA

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Zorrimposto de Renda !

                           
Por este tempo de declarar Imposto de Renda, fico cansada mentalmente de tal jeito que não tenho vontade de pensar nada.

Os técnicos da Receita Federal tem prazer em fazer arapucas que deixam qualquer um, suando de raiva. Ainda mais quem mora no interior do estado e , na pior das  hipóteses, tem que ir à Capital ou a outras cidades maiores para tirar dúvida simples. Ainda bem que não sou de dar-me por vencida e insisto de tal forma que a atendente do 136 tem que achar resposta.

Estou aliviada na mente, em concreto, de verdade. Talvez a adrenalina tenha diminuido porque a raiva costuma matar e não fico longe , todos os anos.

Não me conformo que a Receita Federal plante arapucas para quem vive vidinha mediocre e deixe sonegadores de peso a cortar pequeno com eles. Quando vou lá na sede da RF, vou armada até os dentes, controlando-me para não voar no pescoço dos funcionários públicos que se acham superiores porque passaram em concurso, feito para quem consegue decorar o estabelecido mas liberdade de raciocínio nenhum.

Até que enfim fiquei livre.Hoje vou dormir bem. Ano que vem, não sei se estarei viva. Dá-lhes !

sexta-feira, 6 de abril de 2012

También tiene pensantes !

                                          
Para quem só lembra das discriminações e futebol, também tem artista de primeiríssima, criativo que sabe levar mensagens sem agredir  e  com arte.

Tá com tempo? Imperdível: KLIKA

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Pagos com interesse escuso

- Não sei e nem me interessa saber quem é
                                  
Quem ganha com as transmissões,cada vez maiores, de jogos entre times de futebol europeu? Cada vez mais lemos, vemos e ouvimos notícias de jogos que não são nossos, que não nos interessa. Uma meia dúzia de gente , que , até, tem canais pagos e não vê televisão aberta?

Eu, que não torço para time algum do Rio ou São Paulo mas gosto de futebol, tenho que abdicar de ver jogos ou programas de debates pois apenas um ou dois times são as palavras que não saem da boca dos comentaristas e , depois, passam , descaradamente, a analisar jogos estrangeiros . Já dá engulhos ter que saber sobre times e atletas  que não são boa coisa porque dão suposto  retorno  na audiência. Indivíduos que não produzem,violentos e fanáticos e cujos exemplos de vida são os cachaceiros e pândegos do futebol, influenciam as decisões de diretores tidos e havidos como entendidos em televisão.

O resultado é encontrar gente vestida com camisa de times estrangeiros ou com o nome de atletas idem na boca, discutindo um futebol que não é nosso nem no estilo. 


Portanto, quero fazer meu protesto, por ter que aturar esta rede de interesses, talvez inconfessáveis, que ganha dinheiro com o futebol e recebe para esquecer o nosso e exaltar o estrangeiro. Dá dó ver comentaristas, de boca torta e olhos vidrados, a falar tanta besteira...

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Adeus ilusões...

                         
Com a descoberta das falcatruas feitas pelos políticos Demóstenes Torres e Stephan Nercessian, o primeiro da direita e o segundo comunista, acabam as ilusões de encontrar alguém honesto nesta área. Ambos autoproclamados arautos da honestidade mas parceiros do crime organizado ...
- Salve-se quem puder!