terça-feira, 17 de abril de 2012

No chicote !

                                
Outro dia eu passei, à pé, por um sujeito que estava apeado da moto, ao celular, dizendo que não ia aceitar o emprego enquanto estivesse no Seguro-Desemprego.Ele estava trabalhando em outro lugar sem carteira assinada e, na soma, não valia à pena.

Agora leio que decreto foi publicado, obrigando o trabalhador fazer curso de reciclagem depois de três motivos para o seguro, em dez anos. Acho pouco. Na ciranda de emprego e desemprego havido no país, o prazo de dez anos faz pouco em três desempregos. Tem gente que faz disso indústria.E eu conheço alguns que, sem o mínimo peso na consciência, requerem o seguro e passam a vida, jogando com o dinheiro público.E, são às vezes os primeiros a falarem mal dos corruptos. Como sempre. Por isso não tenho pena desse povo que  que faz jus ao seguro. Tem cara de bobos mas são espertinhos.


De qualquer forma, um passo foi dado e deve ter sido baseado em média de  estatística. Um país como o nosso  e com o sistema federativo é difícil organizar tudo.Dá sensação de bagunça perene. No mais é uma forma de insentivo à reciclagem e ao estudo.Por isso mesmo o Ministério da Educação vai fazer o seu papel. O avanço do país passa pela atualização contínua do trabalhador. E, se não  o fazem por bem, haverá de ser no chicote.

Mais detalhes? KLIKA

Um comentário:

Lucimere disse...

Procurei o link e não achei. Fui conferir porque o que li, não parece algo novo. Acho que o "INSS" (não sei se vc fala dele) tb se faz de coitado, e, é, sem dúvidas, o mais esperto nessa história. Mas povo "esperto" tem mais que se "ferrar" mesmo (concordo); Os benefícios são reorganizados conforme a malandragem do povo mesmo, é o que parece, acho... "uns pensam que enganam e outros fingem que estão sendo enganados". O controle tem de haver, sempre... Agora, o povo perder o benefício, ou que seja, só aumentar o grau de dificuldade para adquirir, essa mudança a todo momento, é lamentável pelos dois lados, pois o País que perde.