terça-feira, 29 de janeiro de 2013

A morte do gato angorá

                

Uma turista do Rio de Janeiro trouxe seu gato angorá para Guarapari-ES. O gatinho, um mimo, estava com sua dona, no sexto andar do edifício. Da sacada, ele viu um bentevi pousado no fio da rua. Deu impulso e pulou no passarinho que cantava à toda. Esborrachou-se no passeio da rua e o bentevi voou, voou, voou.

A dona do gatinho desceu, desesperada, até à rua mas seu gato já estava morto. Foi um deus nos acuda...O porteiro levou o bicho para ser enterrado em lote vago , vizinho à sua casa. A mulher ficou de luto.

Passados uns dias, o porteiro perguntou à mulher quando seria a Missa de Sétimo Dia. A piada, de humor baiano, fez a mulher  chorar ainda mais. Oh, vida!


Mas a natureza é bela e renova-se: KLIKA AQUI 

domingo, 27 de janeiro de 2013

Tragédia de Santa Maria-RS

                                  
Mesmo que não se queira, fica-se triste com fatos como os acontecidos em Santa Maria-RS.Pior, a cara cai no chão por tanta irresponsabilidade das autoridades responsáveis.Um imbecil resolve soltar fogos em ambiente fechado, detona um incêndio onde duas mil pessoas dançam, comemoram algo e deflagra a morte de jovens na flor da idade.Vergonha nacional, vergonha internacional.Tem que ser punido.

Deviam estar com todos os responsáveis pelo fato , depondo na delegacia.Quem são, como fazem seus negócios em um lugar pseudamente civilizado.Rio Grande do Sul, revejam seus conceitos e peçam desculpas para nós que não merecemos estar no mesmo barco da omissão dos entes públicos e suas falcatruas, sofrendo junto com as famílias que sequer conhecemos.

É um absurdo estarmos em nossas casas, seguindo nossas vidas e sermos taxados de coniventes com um tal jeitinho brasileiro de viver a vida. Mentira, eu não tenho nada com isso.É bom dar os nomes aos bois.A vergonha por que passamos por sermos do mesmo país desta meia dúzia de gente não pode ser recebida com tranquilidade. Matar tantos jovens como foi feito tem nome e responsabilidade personalíssima e não pode caber na generalidade. Até quando?

sábado, 26 de janeiro de 2013

Quem tudo quer, tudo perde

Clostidium tetani
Um italiano imigrou para o Brasil, arrumou uma morena bunduda e comprou casa perto da minha. A casa tem, atrás, um lote vago. Este lote está  em frente à minha casa.Isso quer dizer que ele mora na rua paralela à minha.

Na certeza que o Brasil é terra sem dono e sem lei, ele fez um portão atrás da casa dele e apoderou-se do lote de trás.Sua proprietária, Cristina, teve que ingressar na justiça para reaver o lote. Na sentença, havia ordem dele refazer os muros que derrubou mas ele nem tomou conhecimento.Passado um ano o italiano de setenta e dois anos, resolveu derrubar os muros ,feitos  novamente por Cristina, com uma maquita.

Quinta -feira, eu estava em frente à minha casa com Brisa, para ela tomar um ar da rua, quando os caseiros do outro vizinho chegaram chorosos até a mim. Contaram que o italiano havia se acidentado com uma maquita, e , depois de um dia de corre-corre nos hospitais de Guarapari, foi levado para Vitória mas morrera. A maquita velha e enferrujada, quebrou  e entrou coxa dele.  A primeira providência foi tomar antitetânica mas, parece, já era tarde.


Hoje, ainda dando uma volta até o fim da rua, novamente com Brisa, percebi os muros derrubados pela metade. Captei, então, que o italiano havia se acidentado no afã de invadir , novamente, o terreno alheio, fazer de seu, desobedecendo ordem judicial.

Pois é, quem tudo quer, tudo perde!

Tétano? KLIKA

Ivete Sangalo e o Rouba mas Faz

A cantora baiana, Rainha do Axé, fica rica com o dinheiro público. A senhora Ivete Sangalo cobra fortunas das prefeituras para ajudar a manter o povo alienado, dançado, pulando e cantando suas músicas. As autoridades, que controlam as contas públicas e, pelo que sabemos, as assaltam sem pejo ou limites, fazendo de nosso país um dos mais corruptos  do mundo, usam a política para enriquecerem. Ivetão e seus comparças não são diferentes.Talvez se faça de desentendida o que não confere   perdão mas reforça a inércia moral.

Recebe seissentos e setenta  mil reais por um show em inauguração de Posto de Saúde  no Ceará é um achincalhe ao povo daquele estado e de toda a nação.Da quadrilha que assaca o erário público fazem parte a cantora, sua trupe e o governador Cid Gomes.

No município de Guarapari/ES,o último prefeito está em cana e o zé povinho, que rebola nos mesmos shows de Ivete, pagos pelo prefeito corrupto, mostram tendência em votar no candidato indicado pelo preso. Pela primeira vez eu vejo o povo discutir a questão, os candidatos, as ligações deste ou daquele com as oligarquias corruptas do estado, verdadeiras quadrilhas que sugam o pobre estadinho do sudeste tanto quanto o do nordeste.

Votar em candidato que rouba mas faz é de uma ignorância política do tamanho da ignorância de um povo inculto e do desconhecimento da importância do cidadão em designar os caminhos de sua nação, do qual é parte e indicador de subdesenvolvimento ou não.

Cantora que assina embaixo de manobras de político corrupto é tão corrupta quanto ele. Pior se é para encher as burras, já fartas,  de dinheiro


Não sabia? KLIKA

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Especulação imobiliária: Minha casa Minha vida

Se a presidente Dilma Roussef pensa que , criando o projeto Minha Casa, Minha Vida fará com que diminua o abismo social havido entre a classe emergente e a elite do país , está redondamente enganada.

Os ricaços, os endinheirados conseguiram seus feitos recebendo rios de dinheiro público.Assim é desde a chegada de Dom João VI, no Rio de Janeiro, começo do Brasil civilizado, quando retiraram de suas casas os seus moradores e ficaram com seus bens e foram bancados pelo dinheiro público.

O financiamento destes imóveis, vendidos a preço de metro quadrado de  cidades cosmopolitas internacionais, mas encravados nos mangues e charcos aterrados das cidades interioranas nacionais, vão para os bolsos da elite. Para o povo, contruções mal feitas, pobres e caras e para os construtores, especuladores dos sonhos da casa prórpia , a dinheirama dos impostos desta mesma gente.

O populismo é a desgraça da política e não só nacional. Campea pelo mundo. Não tenho certeza mas parece que somente a Alemanha está livre dessa praga. Mesmo porque já sofreu muito nas mãos do maior populista da história do planeta.O aprendizado foi feito debaixo do tacão da humilhação histórica, destrutiva de uma nação eivada de gênios de todas as áreas e que caiu na esparrela que seiva os sonhos de paz e desenvolvimento mundial.

O futuro da classe emergente jamais será emparelhar-se com a elite nacional mas ficar devendo os olhos da cara, mudando o foco da subserviência de hoje para outro débito , cobrado  amanhã no suor e sangue.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Vale Tudo: Minha casa Minha vida e Lei Maria da Penha

Quando Sarney criou o Vale leite, uma distribuição gratuita de leite em saquinho, teve que cancelar.Os beneficiados trocavam o vale por cigarros e bebidas.Uma das condições para receber o Vale leite era participar de uma atividade cívica que podia ser palestras ou jogos educativos. Muitos voluntários prestaram  sua colaboração, inclusive eu.Pelo desvio do objeto, o programa foi cancelado.

O programa do governo Dilma, Minha casa ,minha vida vai pelo mesmo caminho: Bagunça. O governo , através da Caixa, financia imóveis para o pessoal de baixa renda. De início o empréstimo era de imóveis até sessenta mil, depois passou para cem mil e agora é,até,cento e cinquenta mil. Então, imóveis que valem sessenta mil são vendidos por cento e cinquenta. Condomínios de doze andares e cento e cinquenta apartamentos de cinquenta metros quadrados , valendo três mil reais o metro quadrado. Tudo financiado para os emergentes pagarem em trinta anos, com mensalidades que beiram o inicial em mil reais, e, sem direito a quitação em caso de morte do comprador pois seus herdeiros, alguns nem nascidos à época do empréstimo, deverão arcar com o restante da dívida nos juros anuais de oito por cento, acumulados.Será que vai dar certo? Será que Dilma está encastelada no Palácio do Planalto e desconhece estes detalhes e a certeza de que não vai dar certo? Os especuladores imobiliários correm à solta, com a participação, imoral, da Caixa. O povinho sem experiência e ávido em comprar que se lasque.O que vale mesmo é a propaganda do governo e não a verdade.

Por interferência da ONU e com modelo prescrito por sua Comissão de Direitos Humanos foi criada a Lei Maria da Penha.Punir o homem opressor em ambiente doméstico é dever do estado.Então, as mulheres,com a participação de advogados porta de cadeia, estão entulhando os tribunais com processos onde vale a palavra da mulher tão somente, sem prova alguma de violência. Mulheres ordinaríssimas, contrariadas em seus desejos de grandeza ou  levando o fora do marido, escondem os filhos , proibem os pais de conviver com seus filhos, lesando o direito da criança. Com a conivência de delegadas e juizas, prendem e arrebentam com homens porque negaram dar dinheiro para a mulher pintar o cabelo ou as unhas. Um riso mal colocado será tido como violência moral, e , pela lei, cana no cara, sem defesa,sem o contraditório, rasgando a lei penal e a Constituição Federal, tudo baseado nas mentiras contadas pela mulher. O homem é zero à esquerda, virou mero reprodutor e mantenedor de sua cria. Cavalo que merece cabresto ou leva cana. Sequer lesões constam em laudos de lesão corporal. Alguns reagem e matam a vagabunda com os protestos dos datenóides de praxe.Uma lei que foi feita para proteger a mulher contra a violência doméstica ,está sendo manipulada por espertinhas, perdidas na lama moral para levar vantagem ou vingarem o abandono tudo com a indiferença das autoridades responsáveis pelo freio na pouca vergonha da guerra, extrema, dos sexos.

Sempre tem que queira levar vantagem, fazendo com que intenções legítimas de impulso na melhoria dos costumes e na economia levem tudo para o ralo da desonestidade e da ralé. Por isso não acredito que  eu viva o bastante e consiga ver algum avanço neste país a não ser a passo de cágado.Até lá, já bati as botas.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Posse de Obama


Politicamente, está no estágio de populista mas caminha para velhaco.

É que seu discurso é o mesmo, suas caras-e-bocas as mesmas, seu sorriso está dependurado na cara depois de muito treino. Cara de cera , diga-se de passagem.

Na posse de Barak oh! Bhrama apareceu um brasileiro, embrulhado na bandeira do Brasil e dizendo-se porta voz dos brasileiros.Menos cara, muito menos. Usar a bandeira nacional depois de morar fora do Brasil há anos , dá nisso. Ponha-se no seu lugar!

Já  nos bastam nossos populistas.Queremos ações e menos firulas.


É aculturado? Então klika

sábado, 19 de janeiro de 2013

Prefeito de Guarapari em cana

O ex prefeito de Guarapari foi preso. Um cara que faz parte de uma quadrilha de políticos corruptos no ES. Ele teve recusada sua inscrição para nova eleição, de 2012,  porque já havia cumprido dois mandatos consecutivos.Mesmo assim fez campanha e a eleição foi anulada. Haverá nova eleição em fevereiro próximo. Quem pagará o prejuízo pela brincadeira do senhor Edson Magalhães? Quem assumirá o gasto do dinheiro público?

Neste dia 13 ele foi preso, junto com outros corruptos por diversos crimes  enquanto prefeito  mas a campanha de seu protegido para a eleição de prefeito continua com chamadas do seu nome.Um descarado!

O povo é corrupto pois quem aceita este tipo de coisas corrupto  é.

Se você quer saber notícias fora do circuito óbvio, KLIKA


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Doação de sangue

Fui doadora de sangue desde os meus  dezoito anos.Por décadas. Certa vez, passando em frente da Igreja São José, no centro de Belo Horizonte- MG, vi uma Komb para doadores, lá em cima, em frente à porta de entrada. Parei, doei e fiquei sabendo o tipo de meu sangue, universal.
Naquele tempo a agulha era comum, entupia , precisava tirar da veia e furar outra vez. O sangue caía em um vidro marrom e precisava ser balançado, continuamente. O sistema foi aprimorando-se  com os doadores recebendo lanches, as cadeiras modernas e os consoles com os saquinhos com sangue, receberam aparelho para misturar tudo.

Mais tarde, morando em Vitória- ES, eu atendia chamados que eram feitos pela televisão, quando precisavam de sangue nos hospitais. Saía, às vezes, tarde da noite para ir longe, atender pedidos, sob protestos de perigo do meu marido. Não foram poucas as vezes em que familiares de sinistrados me abraçavam, emocionados, para agradecer. Quando não eram pais agradecidos porque seus filhos haviam nascido com incompatibilidade sanguínea com a mãe e precisavam mudar o sangue. Uma ou outra vez doei sangue sem obedecer o prazo porque sangue universal vale para tudo e ficava satisfeita  ao receber telefonema do hospital.

De certa feita,fui levar minha empregada para fazer o prénatal na Santa Casa de Vitória-ES e aproveitei o tempo de espera para doar sangue. Lá havia um rapazinho, chorando com a agulha no braço porque havia entupido e o sangue sujou o lençol na segunda agulhada. Eu brinquei com ele que eu , com quarenta anos, era mais forte do que ele e recebi um dos melhores elogios da minha vida.Ele arregalou os olhos espantados, duvidou da minha idade,e, ante minha insistência, disse: - Se um dia eu tiver uma mulher tão gata como você nesta idade, estou feito!

No Hospital das Clínicas de Vitoria-ES eu  encontrava-me  com o sr.Roque, que tinha cicatrizes no mesmo lugar na veia de tanto doar sangue e passei a buscar a mesma meta.

Um dia,passando em frente da Hemominas em Belo Horizonte-MG, resolvi entrar para fazer minha doação. Fui entrevistada por uma médica, que reconheceu meu sobrenome, perguntou se eu era parente de fulano e confessou-me ter sido apaixonada por meu tio na Escola de Medicina. Brinquei com ela que não havia nenhuma novidade, pois toda mulher disponível de Belo Horizonte, à época, fora apaixonada por ele.

Dias depois, fui chamada para comparecer na Hemominas porque eu era portadora de hepatite (aquela transmitida por relação sexual, pode-se dizer por putas) e que eu devia ir urgente ao médico X         ( deram-se seu cartão). Definitivamente, não aceitei o diagnóstico pois eu jamais tive hepatite e, na ocasião, corria todos os dias na Avenida dos Bandeirantes, BH, com Maria Luizinha. Exigi falar com a médica que havia me entrevistado.Ela mandou colher meu sangue. Deu negativo. Retornei ao mesmo indivíduo e ele  tratou-me  como cachorro, disse-me  que ali não precisavam de sangue contaminado nem de gente doente, que nunca vira alguém brigar para doar sangue. Não quis ouvir meus argumentos e enchotou- me de sua sala, na frente de outros na sala de espera.

Nunca mais doei sangue mas fiz novos exames e nunca deram  vestígios de suposta hepatite que eu tive algum dia. Recentemente, mamãe operou e pediram para doar sangue e eu fui com meu filho na Hemominas.Estou cadastrada lá como impedida de doar sangue.Fico doente só de pensar.Fiz novo exame à busca de vestígios de hepatite e o médico disse-me  que eu posso doar quando quiser.

Para mim, houve um golpe do funcionário da Hemominas. Ele manda as pessoas ao médico para levar vantagem.É corrupção pura.O cara cobra o tratamento e ambos dividem a grana.Só sei que, ao ver estas campanhas para doação de sangue que passam na televisão, sinto ímpedos assassinos.Décadas como doadora, perdidos na raiva e arrependimento que sinto hoje, entre tantas coisas absurdas que vivemos durante nossa vida.Doação de sangue é coisa de voluntários, um estilo de vida e faltar o respeito com um doador de sangue devia dar cadeia para o funcionário, ainda mais quando é veículo de corrupção.

Que corram atrás de doadores, acho bom que faltem muitos.Eu nunca mais doarei uma gota sequer.A humilhação que passei não tem cabimento  para uma pessoa humilíssima. Ainda mais eu orgulhosa de ter saúde de ferro e doar, exatamente, por isso.Façam campanhas, eu mudarei de canal...

sábado, 12 de janeiro de 2013

Mulher safada


- Namorar cafajeste pode ser  ótimo mas vc está preparado para conviver com um monte de cafajestinhos ?

Então, pense duas vezes antes de reproduzir com canalhas pois eles também são elas e bonitas.

Quer saber? KLIKA

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Mudanças climáticas

Falem o que quiserem falar.Fale quem quiser, os cientistas mais formados e famosos.Para mim a natureza não muda desde que me entendo como gente.

Hoje choveu e , parece, vai durar uma semana ou mais.Em pleno mes de janeiro.

Como mineira legítima, moro em Guarapari mas , naturalmente, já estive do lado de lá. E, quando chegava meados de dezembro, telefonávamos para qualquer número de Guarapari e peguntávamos se estava chovendo.

Nos anos sessenta, do século passado,  íamos ao Posto Telefônico situado na rua Goitacazes, pegávamos o catálogo do Espírito Santo e ligávamos para algum telefone para peguntamos se estava chovendo, se tinha chovido no mes de novembro. Em caso de chuva, janeiro teria verãozão. Se não tivesse chovido adiávamos a  viagem para o final do mes. Não tinha erro.E continua não tendo. Em 2012 ,o mes de novembro choveu muito pouco e dezembro zero. Não deu outra, janeiro está com chuva.

As novas gerações vivem com as previsões do tempo  e nem sabem o que é catálogo de telefone.Vivíamos sem nenhuma previsão de catástrofes sobre o futuro ou chatonildos, bombardeando questões pessimistas  sobre o clima.

Bons tempos aqueles ! Bons tempos que não mudam e as notícias de dias mais quentes dos últimos cinquenta anos já eram ouvidos há décadas.


quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Verão , que verão!

Parece praga ante meus desejos de Feliz Ano Novo. Uma adutora rompeu, afetando o fornecimento de água em Guarapari. Não  na minha casa mas atingiu o prédio onde funciona minha academia. Tomei água no bebedouro e algo me pegou e me derrubou. Salvei-me com o soro de Dra. Zilda Arns.Prostrei-me vários dias, parecia que o mundo ia acabar para mim.Ainda mais que nunca fico doente.

Há doze anos faço academia, religiosamente, três vezes por semana. Estive dez anos seguidos em uma que jamais me deu problemas.O dono era altamente profissional, não dava muita trela para o pessoal e tudo corria bem.Tudo  limpo, com mulher fazendo a manutenção das máquinas , do piso, dos banheiros. É outra coisa , porque homem não entende bulhufas de limpesa. Até que  ficou farto dos adolescentes, pregando chicletes em suas máquinas, do abuso nos atrasos das mensalidades  e fechou, de um dia para outro.Desde então estou órfã.É a segunda academia que frequento e me acontece isso.

Agora que Zé Ricardo fechou sua academia , todos sentem falta e eu começo a cogitar parar com tudo.Se não o fiz, ainda, é por pena de perder tantos anos de preparo físico e mantença da forma e da saúde. Na fase etária em que estou, é difícil chegar onde cheguei. E, em cidade onde nada acontece , fazer academia torna-se sobrevivência física e mental. 

Oh! Haja paciência para viver com o verão abrasante e seco de Guarapari, infestado por uma nuvem de gafanhotos chamados turistas e intempéries nada previstas, decorrentes de tudo.