sábado, 30 de março de 2013

Obama que ri ...


                                        

Os noticiários  sobre  a decisão do mandatário da Coréia do Norte em voltar seus míseis para as bases militares dos EUA, sediadas na Coréia do Sul e águas limítrofes  são dados pela metade. A impressão é que o mandatário da Coréia do Norte é um maluco, ávido por guerra e pronto para brigar, por nada, com a Coréia do Sul e, consequentemente, com os EEUU.

Desde que Iraque deixou de ser interesse bélico dos EUA e Israel reluta em atacar o Irã pois este está armado até os dentes e, talvez, com bomba atômica, o país da América do Norte procura briga com outra nação. Passeia nos ares da vizinha Coréia do Sul como se fosse bestunto, procurando briga em porta de boate.

É um tormento para o mundo esta vocação bélica do EUA e sua necessidade de sustentar a indústria de armas que, por sua vez, sustenta cidades inteiras naquele país.Sem guerras morrem cidades e multidão de ex arrogantes vão morar nas ruas, sem rumo. Junto com eles os retornados, depois de serem transformados em bagaços humanos. Mulheres estupradas em serviço e estupradores impunes , sem sequer identificação vagam qual zumbis .Não servem mais, depois de  usados para defender o estilo de vida dos poderosos da nação. Outros vem, outros vão.

Enquanto isso, o Obama Que Ri finge que não vê, não ouve e só fala o que os donos da guerra querem. Ele, talvez, saiba como ludibriar o mundo a comando de seus asseclas da indústria bélica pois , consta, é filho de filósofos. Tangiversar em um país de gente que cultua a violência, a intervenção em outros paises , destruição a qualquer sorte na literatura, filmes, escolas, ruas, educação do vencer a qualquer custo parece fácil. A seu comando a imprensa tupiniquim não tem pejo de falar pela metade.

Que o Brasil se cuide. Sem armas ou espírito bélico, a indústria das armas não irá se contentar em fazer suas vendas apenas para os bandidos comuns tupiniquins e dará bom desconto para os EUA fazer  parada na amazônia. Olho grande eles já tem.


Não captaram? Então klika

sexta-feira, 29 de março de 2013

Jogador desmaia de fome em pleno jogo de futebol

                                      

Quero juntar-me aos protestos do acontecimento do desmaio de dois jogadores, em campo e durante uma partida . O América de Sergipe perdeu por 3x0 com dois jogadores, desmaiando de fome  em pleno jogo.

Enquanto a CBF, participa do oba-oba dos preparativos pela Copa do mundo, com viagens inúteis, gastos grandiosos, salamaleques ao pessoal da FIFA, o resto do futebol nacional está abandonado.

Interessante é ante o exibicionismo de São Paulo e Rio de Janeiro, entochando notícias de toda monta nas mídias , como se o Brasil fosse apenas estas duas capitanias, o resto do Brasil continua subdesenvolvido e abandonado. É como certas prefeituras que só mandam varrer o centro da cidade e abandonam o resto ao mato, à sujeira e à falta de manutenção.

Essa raia de incompetentes é a mesma pelo Brasil afora ...
Não leu? Então KLIKA

quarta-feira, 27 de março de 2013

Antivirus McAfee ? Nem de graça!

O Velox Oi quer obrigar a aceitação do antivirus McAfee. Quer que o baixemos como assistente do modem. Não há escolha: É aceitar ou aceitar.
Uma imposição de serviço que fere o Código do Consumidor. Ninguém é obrigado a aceitar um serviço que considera nefasto. Este antivirus não impede que nenhum virus ataque nosso computador. Nem eles mesmos que são o maior  virus possível de atacar computadores.

Este tipo de oferta já foi feito quando eu tinha o UOL como provedor. Primeiro  chegou como oferta . Mais tarde foi cobrado e , depois, triplicado o preço. Ao ser rejeitado mandou tanto virus para o meu computador que eu perdi a máquina. Infestação daquelas que acabam com o HD.

Fiquei horas ao telefone, tentando explicar que eu não quero o McAfee nem de graça. Fizeram-se de desentendidos e o baner da proposta  não larga meu PC.

Não tem lei neste país? Não tem autoridade para tomar providências anti tal desmando?

Será tão difícil de entender que eu não quero o antivirus McAfee nem de graça?


Não quero o antivirus McAfee nem de graça !!!

segunda-feira, 25 de março de 2013

Será o anão má formação congênita ?


Não é de  todo em vão a apresentação, em  programa dominical, com destaque a casal de anões. Foi isto que Gugu fez em seu programa de domingo.A entrega de uma casa adaptada para um casal de anões.
Uma vez eu fui a uma palestra , com uma amiga, formanda em medicina, cuja tema era Má formação congênita. Fiquei tão impressionada que jamais esqueci.Não pelos casos apresentados  mas pela defesa do palestrante em favor da interrupção da gestação dos fetos com má formação congênita.

Uma delas  foi o nanismo. Como é detectado ainda na gestação, basicamente  pelo tamanho do fêmur, e, como apresentar aos pais a opção de interrupção  da gestação.

Se fosse exposição para advogados, haveria   debate e perguntas mas os estudantes de medicina ficaram calados. 


Ele afirmou que não é rara a interrupção da gravidez quando constatado o nanismo. Daí eu ter assistido o programa, pensando como um casal que tivesse interrompido a vida de alguém naquelas condições, conseguiria ver o programa.

O Programa do Gugu teve audiência na estratosfera. Mostra que o tema tem a atenção de muita gente. Isso é importante para que possamos aceitar esta diferença e conhecer  como vivem e são essas pessoas.

domingo, 24 de março de 2013

Rede Record: O pior da escolha


A rede de canais de televisão da Record  tornou-se uma página policial. Não é possível acompanhar sua programação jornalística. Transformou-se em balcão de denúncias de todos os tipos. Página policial total.

Outro dia, enquanto Ana Paula Padrão dava suas notícias sobre crimes do mundo todo, lembrei-me que ela era considerada alto padrão de jornalismo. Em que se transformara !  Pois, dias depois ela pediu demissão. Foi embora. Eu, que não acreditava na fama ,por considerá-la vaidosa demais, fui obrigada a aceitar sua decantada competência e lucidez.

A tese central da origem da hegemonia destas notícias de crimes, sempre os piores, ou o lado pior da notícia, do enfoque destrutivo pode estar por trás da vontade do convencimento necessário para acreditar que o mundo vai de mal a pior. Talvez o objetivo seja espalhar a crença que apegar-se à religião é  saída para enfrentar tanta mixórdia.

Pode ser que a contratação de jornalista, que se dá como investigativo criminal e deus de sua pauta, seja a origem dessa orientação equivocada.

Se antes era possível dar preferência ao jornal da Record, hoje o melhor é passar longe. Assim , os neurônios ficam poupados de serem  municiados pela sujeira criminal e o pessimismo catastrófico  do planeta.

sexta-feira, 22 de março de 2013

A prisão do cantor Hudson

Denúncia anônima fez  polícia conseguir mandado judicial e entrar na casa do cantor Hudson, às cinco horas da manhã. Ávidos em mostrar serviço em lugar errado, encontraram armas obsoletas e munição exclusiva. Ele frequenta clube de tiros e tem armas regulamentadas.

O que me espanta nisso tudo é a capacidade da justiça dar ordem judicial para policiais entrarem na casa de cidadão comum e mantê-lo preso pelo que ele guarda em sua moradia.  Nossa casa deixou de ser nossa proteção mas lugar onde,a qualquer hora, a polícia pode entrar , mexer em tudo e encontrar , no fundo da gaveta, coisas pessoais , pretexto para vingança de  nossos inimigos.

A denúncia não foi anônima mas fornecida por dedo duro, amásio de sua ex. Ex família virou pesadelo. O juiz deu prisão preventiva, revogável por petição de advogado e em tribunal do estado. Enquanto isso,bandido de boa cepa transita pelas ruas do país ou foge para as estranjas por liberdade dada por justiça incoerente ou
deixam livres assaltantes de dentistas, presos somente quando executam um.
O perigo é que aconteceu com ele e amanhã pode ser conosco. Uma pessoa faz denúncia anônima, batem em nossa porta , somos levados algemados para a cadeia. Lá, sem formação de culpa, raspam a cabeça, algemam pés e mãos em profunda humilhação.

Melhor vasculhar as gavetas para ver se não guardam nada que contrarie esta nova ditadura policialesca. Ainda bem que meu pai morreu pois guardou na gaveta da cômoda uma beretinha do tempo da primeira guerra. Olha o risco que ele correria nos dias de hoje com essa malta politicamente correta.

Nem na ditadura isso acontecia. Oba-oba para mostrar serviço enquanto o Rugai mata pai e madrasta,é condenado a trinta anos de cadeia e está livre. Estuprador em série é posto na rua com simples petição e, na semana seguinte estupra dez mocinhas. Processos ficam parados por meses, esperando um despacho simples nas mesas deste país, enquanto pai não vê filho há seis meses.

Hoje é ele. Amanhã pode ser um de nós. Os desmandos, abusos contra o cidadão, por canalhas travestidos de agregados ou ex parelhas , melindrados na sua vaidade ou ego, virou moda. Até provar que focinho de porco não é tomada você pode dormir em cana e gastar dinheiro com advogado e altas quantias encaminhadas para o estado ineficaz e abusador , através de seus agentes públicos com seus relatórios premiados pelo recolhimento dos saques.

Está mais perigoso viver do que nos tempos da ditadura militar ...

Vale o espertão !

Se o Brasil fosse a ditadura militar dos anos 60/70 a vida do cidadão seria  insuportável. Os dedos-duros proliferam de tal forma que está pior viver, mais que nunca.

Pessoas entram em nossas casas ou convivem com gente que tem acesso às nossas vidas e , sem que esperemos, usam como armas , até mesmo o que possamos guardar em nossos armários, lá no fundo dos nossos quartos ou da nossa alma, em feridas que nunca cicatrizam.

A família promíscua da moda, com cruzamentos e filhos destes com aqueles, entrando e saindo das vidas materialistas do meu , meu , meu, carrega junto a intimidade devassada por estranhos. Depois , sem educação ou ética, usam os pseudos segredos como arma de vingança e vitória de Pirro. Privacidade, protegida pela lei maior do Brasil, é letra morta no afã de levar vantagem e satisfazer o ego mal construído. Ordens judiciais, polícia porta a dentro, algemas e prisões de quem perdeu seu direito de ter em casa, ou na sua vida privada qualquer coisa que represente perigo para vinganças e perseguições. Inimigos construídos na falta de formação de boa cepa em um país orgulhoso das misturas espúrias de sua população.

Urge educação neste país para que o cidadão possa discernir o que é fantasia e realidade nos filmes , nas novelas, na internet. Pensar que tem gente a transitar pelas ruas, pela net, por nossas vidas, procurando erros, segredos ou o que possa prejudicar o outro e promover a si mesmo. Autoridades judicantes sem capacidade para separar uma coisa da outra e , servindo de instrumento para atos de vergonha e destruição.

A qualquer hora, um ex funcionário, um ex agregado da família,um ex entra e sai de sua casa deixado por generosidade, pode ir a público e desvendar uma parte de sua vida ou de um familiar ,garantido na vingança, na inveja no desejo de fazer valer a delação, hoje moda, mesmo  sem provas ou verdade. Caracterísitca dos, outrora, mal caráteres.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Esqueceram de avisar a natureza

Aterraram os mangues, os charcos onde as taboas eram belas, os mares, e esqueceram de avisar a natureza.
Então, quando chove, as águas continuam correndo para os mesmos lugares de sempre. Surgem os atoleiros, as enchentes , as tragédias.
Somam-se os humanos que proliferam mais que ratos, ocupam qualquer espaço, estes espaços e depois choram  sem explicação.
Que chorem, se não se planejam.
A natureza não se importa, continua como sempre foi.
Ela não sabe que o homem sapiens sapiens se dá como rei dela mesma.


quarta-feira, 20 de março de 2013

O abstrato e o concreto de Dilma Roussef

Viagens de mandatários devem ser restritas ao objeto a que se propõe.
A Dilma foi ao Vaticano para a celebração de primeira missa do Papa. Aproveitou para visitar museus, desfilar moda e nova cor do cabelo.

Se fosse uma visita em país onde fosse necessário buscar parceria econômica , haveria justificativa para levar tanta gente. Foram cinquenta e dois quartos ocupados em hotel. Tudo pago com o dinheiro público.

Dilma comporta-se como se o povo brasileiro não fosse pobre, carente de tanta coisa e desperdiça dinheiro como se fosse seu. Ainda mais , deixando as catástrofes de lado e mergulhando no oba-oba da vida em viagens inócuas  mas opulentas.

Qual será a verdade sobre a situação econômica do país ? Qual será a situação moral do povo brasileiro se sua mandatária maior não dá exemplo concreto de generosidade e só pensa nos pobres de forma abstrata?

Pelo exemplo,  nunca se fez tanta dívida para o que é dispensável na vida comum.Repercute no inflar das vaidades, no exibicionismo, na gastança  sem limites a ponto de crescer a criminalidade, a maldade e falta absoluta de ética entre os macaquitos de sempre, ávidos em seguir o que Seu Mestre mandar.

Vc sabia? KLIKA

domingo, 17 de março de 2013

Papa Francisco e a batuta dos quintos do inferno

A Europa é velha desde 1492. Qualquer coisa que se faça na América é novidade. Mesmo que os saudosistas, os aculturados não aceitem. Romper com o passado e começar tudo de novo é uma alavanca difícil de ser usada por gente que vive com a cara nos livros  mas não tem pensamento próprio. Tudo que escrevem  precisa de referência de algum europeu vetusto morto há , pelo menos,um século. 

O mesmo acontece na religião católica apostólica romana. Um professor, expondo em um filme na TV Escola sobre os rituais dos césares romanos, exemplifica que os ritos daqueles podiam ser encontrados no Vaticano. 

Então, aparece um argentino do fim do mundo ( A Terra do Fogo , situada na Argentina é assim chamada) e , para que não haja ciumeira, amigo de um brasileiro , matando dois coelhos com uma cajadada só. Enganjado na miséria do Novo Mundo, abaixo do Equador, desbancou o sonho dos cardeais dos EUA e tornou-se Papa. Parece piada que um norte americano fosse papa  com as derrapadas sexuais daquela gente ou  um brasileiro com ares arrogantes. 

Se Papa Francisco tem costumes franciscanos, será grande por si só  pois gostar de viver de forma simples corta atitudes de gente que sossobra por dinheiro e poder.

Só espero que ele mande os fofoqueiros do Vaticano, os articuladores de coisas terrenas, distantes da metafísica religiosa, os palacianos do faz nada, os aspones da Capela Cistina , direto  para as paróquias da Igreja que Sofre, lá nos quintos da África e Ásia, se não para os confins do que resta dos governos comunistas. Vai ficar completo e o ranger de dentes será mais cedo para alguns metidos a eleitos diretos por Deus.

sexta-feira, 15 de março de 2013

O Papa e a inveja


Com a escolha do novo Papa argentino, cogita-se que ele não teria protegido os comunistas em confronto com a cruel ditadura daquele país. E, hoje, lhe cobram, em  até a deduragem de companheiro de batina. Arre!  Tão bravos e reclamando ajchxuuuuuda de    quem busca na vida outra trajetória.

Comunistinhas, cheios de papo-cabeça, inocentes úteis servis aos soviéticos em confronto de poder com os EUA. Povinho bom para protestar, levar o povo à ditadura, nas reclamações, nas indenizações, nas mutretas pós ditadura e nas cobranças de quem não teve forças para enfrentar , diretamente, o que eles plantaram.
As críticas dos argentinos, dizendo que o Papa Francisco não protegeu os comunistas perseguidos pela ditadura,  demonstram que são terceiro mundistas e a soberba , tão decantada, é puro mito. Cada um que cuide de sua religião e deixe as outras seguirem seus caminhos. Quem procura, acha.

Em tempo: Quem indeniza o povo que ficou à mercê dos dois lados,  degladiando-se?

Visão melhor? KLIKA

quinta-feira, 14 de março de 2013

Paulo Hartung, onde se perdeu?

Quem acompanha este blogue já leu artigo, elogiando o ex governador do Espírito Santo, por ocasião de sua reeleição, com quase 78% dos votos, em 2007. Índice demonstrativo de sua  capacidade administrativa, como prefeito e como governador.

Porém, durante o segundo mandato como governador, Paulo Hartung perdeu sua caminhada brilhante e tornou-se mais um corrupto. Os boatos começaram a correr em 2009 e pareciam apenas boatos. Eu, que o conheci, antes dele elerger-se deputado estadual, custei a crer. Custo a crer. Na verdade, achei que eram apenas mais boatos de inimigos políticos em refrega tão comum por estas bandas. Por aqui, calúnia deste tipo é coisa comum e, muitas vezes , mera difamação.

 
Esta semana o Ministério Público pediu o bloqueio dos bens do ex governador Paulo Hartung por improbidade administrativa, representado por um rombo de setenta e cinco milhões de reais nos cofres públicos.

Não há mais novidades no mundo político, depois desta notícia.

Um curriculo manchado por quem menos se espera.

Que Deus nos acuda ! Qual decepção a mais podemos esperar dessa gente? Estamos todos de queixo caído...
Salve-se quem puder...

Quer ler o curriculo? KLIKA

Caso de polícia na Bahia!

                           

Que vergonha!

Leiam o absurdo! KLIKA

Os falocratas perderam.  KLIKA

quarta-feira, 13 de março de 2013

Ronaldinho Gaúcho, adaptado

Futebol, prestígio, reconhecimento é mais do que time de futebol com torcida que passa o rodo.Não importam títulos mas a representação nacional.

Não sabe ? KLIKA

sábado, 9 de março de 2013

A morte de Chorão

                              
Morreu o cantor Chorão. Não faz parte da minha trilha musical mas sempre achei interessante ouvir no supermercado:
-Eu vou fazer do jeito que você nunca vai esquecer. 
Perguntava-me quem era aquele maluco.

Mas, deve ter feito mesmo porque sua mulher anda falando horrores dele, depois de sua morte.
A madame, em vez de ficar calada, dá entrevistas aqui e ali, contando o que lhe interessa sobre os últimos meses de vida do cantor. O que lhe interessa, porsuposto. Parece que quer desculpar-se  por ter sido ausente no último ano de vida do cantor. Nada a ver. Ninguém é obrigado a ficar com quem faz o que quer na vida. Ainda mais  com quem sustenta  a violência no país e se dá com razão.

Tenho impressão que anda falando demais. Pelo menos devia respeitar o cara que não está mais aqui para responder. Deve ser por isso que o irmão do cantor quis agredir a fulana, no velório do cara. Estas mulheres passam dos limites de manter o respeito aos seus homens.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Qual é o preço do abandono moral?

 O Caso Bruno nos mostra uma face  abandonada da sociedade. Falta de educação ou formação familiar ? Uma geração perdida no interior do Brasil? DNA mal formado ?

Bruno foi abandonado pela mãe, com um pai quase desconhecido e ausente, um irmão processado por estupro, criado por uma avó passiva e sem cultura, no meio do abandono social. Bruno foi para o Rio ser campeão no futebol mas deixou-se levar pelos caminhos trocados com aventureiras. Quem sabe com o mesmo nascedouro.A sorte apontava para dois lados e ele frequentou os dois.

Eliza, morreu sem saber que não era filha do pai que a oferecia aos visitantes, como no tempo do descobrimento do Brasil.Padrasto condenado por estupro de sobrinha. Sua mãe,  o foi quase adolescente em aventura enquanto casada, a abandonou nas mãos desse suposto pai e mudou-se para bem longe.A saída de Eliza foi  o Rio de Janeiro, tentar a vida como prostituta, garota de programa e maria-chuteira. Foi atrás da sorte em lugar equivocado.

Estes dois, Bruno e Eliza, encontram-se em orgias e bacanais. Poucos encontros mas o bastante para surgir um rebento, com o DNA carregado de incertezas.No confronto de quem , supostamente não tinha nada a perder, aparece outra figura distorcida moralmente , assassino profissional que exerce suas taras sem pena,matando fisicamente Eliza e moralmente Bruno. Ambos, com alguma chance, mas perdida pelas circunstâncias que trouxeram desde seu nascimento, pela falta de apoio social, perdidos no emaranhado dos caminhos da sobrevivência de um país de terceiro mundo. Neste, os abandonados pela sorte, humilhados e ofendidos, sem rumo e sem trégua dos endinheirados e donos do sistema, sossobram sem chance de emergir. Deram com os burros n'água.

As autoridades, os moralistas, os julgadores da vida alheia apontam os dedos mas a vergonha do abandono de uma parte da sociedade, escondida do poder público , da cidadania não consegue rasgar a ferida social.

Perdidos, ambos, não conseguiram ver os novos rumos, as novas chances e deixaram-se levar pela falta de educação e, talvez, um DNA carregado  de incertezas. Pagaram, pagam e pagarão o mesmo preço. Desde o nascimento.

terça-feira, 5 de março de 2013

Luta por poder

A sociedade machista  está com seus dias contados.Ainda persiste porque os homens não conseguiram viver libertos das mulheres. Os tempos de hegemonia masculina e da mulher iniputável ou sem cidadania já acabou.Mas homens não conseguem perceber.

A mulher já foi considerada sem cérebo ou sem alma. Para sobreviver desenvolveu uma astúcia que o homem não precisou.Por isso mesmo é manipulado, jogado ao bel prazer e quando percebe que caiu em uma armadilha sem amor mas cheia de interesse perde a cabeça.

Os crimes de homens famosos mas que , cheios de vaidade julgaram ser amados por si mesmos, leva à cadeia quem menos se espera.Entre os meramente comuns, os valores se equivalem.

Homens que cometem crimes contra as mulheres são, antes de tudo, pessoas mal informadas. A hegemonia masculina acabou mas eles não perceberam. Para uma mulher esperta e sem ética , manipular os fatos , as leis a seu favor não é nada mas instrumento de astúcia para vencer interesses. Algumas vezes, por erro de estratégia de um ou outro, ambos levam desvantagem. Quando não, um vai para debaixo da terra e o outro para a cadeia.

Por enquanto, a luta entre os sexos, por poder, continua.

Caso Bruno é um dos: KLIKA
Domínio sem controle: KLIKA