sexta-feira, 25 de julho de 2014

Tem uns trocados aí?

                                      
- Para deixar arquivado, cena belíssíma da Copa 2014


O governo de Israel não se cansa de ofender o Brasil como nação e o povo brasileiro como um todo. O governo brasileiro dá corda para essa país, perdido nas areias e nas brigas constantes e infinitas com seus vizinhos no mata mata sem fim. Acostumados  a dar pinotes, rabadas e coices  em uns e outros, menos nos EUA de quem são satélites, Israel  ofende cada vez mais, saindo da postura diplomática e passando para o vale tudo político.

Enquanto isso, um país, feito com o aval do Brasil, continua a ser exemplo, apenas, de como tirar água da pedra, ups, da areia.

Não sabe que está sendo ofendido? Então KLIKA

Alguém reagiu: KLIKA


terça-feira, 22 de julho de 2014

Viagem em trem de luxo por lugar bonito

                                  


Viajar de trem, curtindo numa boa pelo Brasil não é, apenas, até onde sua vista alcança. Desconhecer os muitos brasis  é perder a chance de viajar e reconhecer a si mesmo em muitos lugares.
Se você tiver tempo, vale à pena conhecer um tipo de viagem interessante e, de quebra, lugares nunca dantes viajados. 

Foi inaugurado o novo trem de passageiros na viagem Belo Horizonte-MG/Vitória-ES. Moderno e pronto para quem gosta de curtir paisagens e viagem movimentada.

O viajante pode ficar pelo caminho, conhecer cidades interessantes assim como as capitais de onde embarca e para onde chega, apeia como se diz em Minas Gerais.

Depois, passe por aqui para contar como foi. 
Para saber tudo: KLIKA

Enquanto você via a Copa...

A beleza? Já se foi há tempos !
                                    
Quem mandou você vaiar Dona Dilma, a dálmata do executivo federal: A Dílmata. Bem feito. Distraído com os sete gols, tomados pela Seleção e dos choros de meninos mimados no campo, outrora de luta esportiva, Dílmata dava mais um passo para a Ditadura do Proletariado. Toma!

Dílmata, por decreto, fechou o Congresso Nacional e você nem percebeu. Mandou publicar, no Diário Oficial da União, texto, criando Conselhos Populares para decisões do Executivo, sem passar pelo legislativo.  Abaixaram tanto que a bunda apareceu!

A imprensa preocupa-se mais com as notícias de avião derrubado por um míssel onde Judas perdeu as botas a uma notícia que cancela direitos do cidadão e tenta derrubar a democracia.

Como é que é?Elite burra? Branquelos do caramba? Conservadores da direita? O povo que se lixe, pois foram eles que, depois de serem criados pela USP, chegaram ao poder com seus votos, com os humbertos  martins dos petralhas.

Estava falando mal do Felipão? Então: KLIKA

domingo, 20 de julho de 2014

Vou colocar seu nome no SPC

                                   
- Com petralhas? Melhor ficar na moita...

Sou total e completamente contra qualquer ato de violência como forma de educação. Abomino bater em qualquer pessoa, em qualquer idade. Mera palmada pode ser instrumento repetitivo de alguém impaciente para educar. Escolhe, então, o caminho mais curto. Vejo na rua, nas lojas mães ou pais  darem tapinhas nas mãos, na cabeça, nas costas dos filhos quando estão à vontade como crianças que são. Criança parada é mal sinal. Se não querem crianças, correndo em lojas que não os leve.Ou que conversem antes, colocando regras e  explicando como deve ser o comportamento. Se a criança nunca aprende é porque sua capacidade de compreensão deve ser trabalhada. Se tem QI baixo que procure outra solução. A verdade é que os pais não tiveram acesso à educação. Repetem erros de seus pais com posturas erradas e,  talvez,   eivadas de boas intenções. 

Dona Dilma sancionou lei, proibindo a palmada em crianças e deu nome de uma criança paulista assassinada por duas mulheres estranhas a ele: Menino Bernardo.  Uma coisa distante da outra mas própria de um governo que banca a propaganda para  disfarçar seus erros e seu autoritarismo. Um governo que procura a violência como forma da imposição em vez de educar. Além de proibir tudo, através de leis a pipocar, atacam com propaganda na mídia, de texto violentíssimo, como forma de antagonizar pessoas, sexos, profissões, posturas pessoais, criar uma rede de autoritarismo, cerceando direitos e defesas.


Enquanto isso, busca criar lei com subterfúgios para liberação do aborto. Como governo autoritário, procura  semear autoritarismo de forma subliminar e maquina matar o brasileiro antes que nasça. Dar palmada não pode e morto no nascedouro não precisa de palmada. Boa solução para a incompetência imediatista.

sábado, 19 de julho de 2014

Raposa no galinheiro

                                          

Quando começaram a pedir técnicos estrangeiros na Seleção, desisti de ver futebol.  Não dá. Estou de quarentena. Quando o brasileiro desconhece as diferenças culturais, fundamentais na formação do povo brasileiro está  na hora de arrancar os cabelos. Essa gente que se jacta de viagens pelo mundo, babação dos estranjas, das zoropa como ponto principal de sua formação de letrado é hora de ter pena do país.

No entanto, ficou pior... Apresentar Gilmar Rinaldi como o novo coordenador da Seleção é passar dos limites. Um homem que se dá bem porque  sabe manejar os estúpidos do futebol, ex  goleiro medíocre, empresário astuto de jogadores de futebol é colocar raposa no galinheiro. De tão raposa, nauseabundo que é, se diz ex empresário como se todos fossem bestuntos profissionais.

Junto-me aos protestos que repudiam essa figura como gente no comando da Seleção. É passar dos limites. É a entrega, definitiva, à corja nefasta do futebol nacional.

Essa não ! KLIKA

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O rosto de Santo Antônio

                                   

Santo Antônio é muito poderoso. Por sua intercessão já vi muitos milagres. Coisas inexplicáveis. E tudo com sinal claro de sua participação. Ele responde, mostra que o pedido foi atendido. Ainda mais se a pessoa contribuiu com os seus pobres, não há erro. 
Agora, acharam seu rosto para mostrar a  seus fiéis. Papai era fidelíssimo a Santo Antônio.  Todo  ano, no quintal lá de casa, em Belo Horizonte/MG, no Bairro Sion, havia fogueira, levantamento de mastro, foguetório e doação de cobertores a creches. Meu irmão chama-se Fernando, o nome de registro civil do santo. Meu filho mais novo é consagrado a Santo Antônio. Se papai estivesse vivo gostaria de saber como poderia ter sido o rosto de Santo Antônio.

Quer saber? KLIKA

terça-feira, 15 de julho de 2014

Os contra piram

                                  
- E, quem se importa ?

Os brasileiros, ávidos em deixar o Brasil e voltar a ser mais nada, do nada que já são , na terra de onde seus antepassados saíram, varridos pelos donos do lugar, estão frustrados.

Como nada foi como esperavam, acharam outros motivos para falar mal do Brasil. Oh dó!

Ninguém quebrou nada porque a Seleção perdeu. Os classe média, criados em casa de gente zero, introjetados na frustração  dos perdedores do bonde da história, foram presos antes de quebrar tudo. Os de cabelos sedosos, de dieta vegetariana e zoom dos zen foram para a sela comum dos criminosos de verdade. O DNA é o mesmo; de bandidos.

As campanhas destrutivas de quem odeia os BRICs, tem horror de perder os privilégios adquiridos na exploração dos povos e gentes, como os ingleses, por ex, foi pro brejo. 

Os que desejaram e desejam que os daqui vistam armaduras e deixem de andar pelados, resta a frustração. Há quinhentos, anos os mesmos barrados no baile, vituperam maledicências contra quem nunca conseguiram colocar  cabrestos. Que voltem para o quartel e fiquem lá, roendo as unhas enquanto batem continência para o que o Seu Mestre mandar. Os pagos para falar mal do Brasil,passem no caixa e peguem as moedas do Judas.

Para arquivo: KLIKA

domingo, 13 de julho de 2014

Brasil com esse

                              
O Brasil continua  no presal.

Muita coisa esquisita nessa Copa 2014:  Bola de Ouro para Messi ? Fair Play para a Colômbia? Avaliar a Alemanha como o  máximo? Uma Copa é da Nike a outra da Adidas?

O melhor da Copa é o mundo passar a escrever Brasil com esse. Porque preocupar-se com jogadores da Seleção é dar cabeçada na parede. Eles moram fora desde adolescentes e já olham o Brasil pelo retrovisor. Este é o erro da CBF. Maxswel, por ex, já está a caminho de Miami! 

Que venha a grana do presal !

sábado, 12 de julho de 2014

Cambalhota às avessas em frango espetacular!

                                 


O último gol que a Seleção levou da Holanda foi a coisa mais patética do futebol.
O Frangueiro Mor do futebol internacional, chegou a dar cambalhota às avessas !

Barbosa, vocè conseguiu ser superado. De agora em diante tem outro em seu lugar. Descanse em paz...

                                           
Coisa estapafúrdia!!!


Só Filipão não sabia!Olha a data: KLIKA
Jogar sem goleiro? Ninguém!

                                                   
- Que horror !


                                                

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Seleção é campeã depois de vexame

                                     
Não sei é bom ser jovem ou  envelhecer. Pode ser que a primeira deixe ficar longe dos fatos e perto da versão dos fatos e a segunda pode estar mais perto dos fatos e mais longe da versão.
Os desvairados, que se acostumaram a ver a Seleção tornar-se penta campeã, ficam longe dos dramas de seleções anteriores. Com vexame em um versão e campeãs na próxima.

Em 54 a Seleção deu tal vexame que sequer sabia as regras da competição. O último jogo saiu na porrada em campo e no vestiário. Foi campeã em 58.

Em 66, o Brasil chorou mais do que agora.Tinha sido bicampeã nas duas anteriores. Foi recebida a pedradas pelos comentaristas, pagos para falar mal do Brasil. Foi tri campeã em 70.

Depois, debaixo de elogios dos comentaristas, pagos para falar mal do Brasil, não ganhou nada. Sempre sob loas e expectativas frustradas.

Em 90 deu vexame, com gente tendo ataque apoplético nos programas televisivos. Mais ou menos como agora. O técnico da época despareceu e ninguém sequer menciona seu nome.Foi proscrito.Em 94, o Brasil foi penta.

Dedução? A Seleção deu vexame em 2014? Em 2018 pode ser a vez do hexa. 
Meninada querer saber mais que a velharada  do futebol é patético. Inclusive  a velhinha, aqui!

Operação Julies Rimet

                                     

Ingressos clandestinos foram vendidos em todas as Copas. Relatados e mostrados pelas câmeras. Um preso aqui,  outro ali e mais nada. O países de primeiro mundo acreditam que não haja corrupção em suas plagas. Corre dinheiro solto, ricaços jogam dinheiro fora com ostentação indecente mas é tudo honesto. Portanto, não há investigação. 

No Brasil há convicção absoluta que todo brasileiro nasce ladrão. Então,há de ser criado instrumento potente para combater seus crimes. Existe até polícia especializada, de plantão, vigiando tudo e todos. 

Assim, ao verificar a venda de ingressos clandestinos na Copa 2014, foi acionada a Polícia Federal e seu amplo aparelhamento de combate à corrupção. Não deu outra: O povinho que compra e vende ingressos fora do permitido é graúdo estrangeiro. O chefe da quadrilha é poliglota para atender gente escondida sob o manto de vestal.

Os comentaristas, pagos para falar mal do Brasil, pouco tocaram no assunto. Essa gente fica assanhada para falar mal mas quando é para dizer a verdade e mostrar a competência nacional enfiam a viola no saco. 

Parabéns à Polícia Federal. Pena é que somos nós , os macaquitos, que  estamos pagando o custo, gasto com essa  gente na cadeia. A FIFA recebe os lucros mas podia arcar com as despesas, gastas com essa gente, pois lancetou sua ferida

Que se danem as zoropa!

                                            

Foi esgotamento mental. Desde adolescentes são obrigados a brilhar. Viajar para longe de suas raízes. Serem jogados fora se não rendem money. Ouvir desaforos e abaixar a cabeça, com as mãos para trás. É o quartel. Afinal, estão em uma empresa que investiu neles como se faz como cavalos no picadeiro. Alguns a sustentar os pais, quiçá a  família. Mostram sem descanso como prosperaram na vida, tiraram os pais da miséria. São cobrados a rolar  bola qual elefantes a empiná-la na tromba e no circo. Até os animais, hoje em dia são poupados. Não pode haver animal em circo. Ninguém aguenta... 
Quer coisa mais feia que Julio César chorando em campo?  Um homem, pai de família, multimilionário com a profissão, chorando, com a cara pro céu... Vá!
E, Oscar, chorando no ombro do companheiro, o Tiago Silva, na frente de milhões de pessoas.

Para mim é teatro. Qual criança a chorar para não receber castigo porque não fez o que Seu Mestre mandou.

Quando Fred passou sem parar na área dos jornalistas fez melhor. Mesmo com as ofensas e cobranças seguiu em frente sem olhar para trás. Do chorão ninguém cobra mas o homem firme é achincalhado. É mico, comporte-se como tal, deu a corda, faça!

Essa turma de comentaristas, pagos para falar mal do Brasil, são como sanguessugas. Quanto mais os jogadores tiverem vitórias, mais emprego aparece, melhor seus salários.O número de gente, vivendo às custas desses jogadores é imenso.

Não há curandeiro que resolva. Ou o futebol volta a ser como sempre foi no Brasil ou que se façam vítimas, ridicularizadas mundo afora, querendo fazer o jogo das zoropa. Sem vomitar em campo, de preferência.

Em outras palavas: ( Olha a data) : AQUI

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Pior que Auschwitz

                                    


Agora, os comentaristas pagos para falar mal do Brasil, detonam tudo. Acabou o futebol, não existem mais jogador que preste. O técnico tem que vir de fora. Quem sabe trazer um alemão!

Ora, ora, ora. A Seleção  foi campeã, bicampeã com técnico dormindo na beira do campo. Em 70, foi tri com jogadores decidindo dentro de campo.Todos jogando em nossos ralos campos.
Mas hoje não, o jogo tem que ser definido, não pode ser modificado. Jogador que não obedece o esquema montado, não serve. Tem que ser obediente, mão para trás quando fala com o técnico, com a imprensa. Jogador que não obedece não tem chance. Tem que agradar a imprensa, o povo, os patrocinadores. Precisam ser marionetes, joguetes de interesses que eles mesmos desconhecem. Aquele que faz parceria, torna-se comentador medíocres embora jogador fenomenal. É muita grana pela cidadania.Tudo copiado, certinho, da cartilha zoropéia. Diferenças à parte? Que se dane! O jogo tem que ser duro pois eles é que estão certos mesmo sem tantos títulos como a Seleção.

Saem do seu país ainda em formação.Perdem a referência mesmo sem perceber. São cidadãos de segunda classe nos países onde são meros robôs para gerar dinheiro e os times  empresas.O que importa se no Brasil vieram da vala comum e estão ricos?

São robôs sem saber. São macaquitos de origem e no tratamento recebido. Se vomitar em campo mas render, está ótimo. Discriminação? Faz-me rir! Que meda dessa gente tão superior, disciplinada, que sequer tremem com qualquer coisa enquanto os nacionais se estouram de emoção!

Não bastasse as lamúrias de 50 e 82, agora é chorar pitangas nos nossos ouvidos por 2014. Vou morrer com essa choradeira nos ouvidos! Os cinco títulos? Nem os merecemos, tudo de segunda, ganho na bacia das almas. Melhor esquecê-los...

terça-feira, 8 de julho de 2014

O maior frangueiro da história do futebol nacional

                                 


Eu disse, eu falei , repito mil vezes:


Júlio César é um puto de um frangueiro.

Júlio Frangueiro César.

A Seleção jogou sem goleiro!

Frangueiro!
Merda de um frangueiro!!!!!!!!!!!!!!!!
Nunca confiei nesse frangueiro!

Frangueiro!!! A meta da Seleção não tem goleiro! Nunca teve goleiro.Tem um zero no gol da Seleção.

Não tenho dó. Vai chorar em casa, no ombro da metida a besta.

- Só chorando... De raiva: KLIKA
                   
                             


Outra vez?  Não  !!!!!! KLIKA




sábado, 5 de julho de 2014

Que pena!!!

                                 

Muito injusto ter a Costa Rica fora da Copa 2014 e nos penaltes. O bom é constatar que a arrogância da Holanda é maior do que a sua competência.

Não tem Bicho Papão nessa Copa e saiu a matadora de campeões!

Que pena!  KLIKA

Soberania arranhada

                                   
    
Uma lesão corporal grave é cometida em jogo da Copa, ante os olhos do mundo. Jogador com derrota iminente,vencido na partida, vinga-se do oponente. Sua Seleção saiu da competição mas levou com ela a estrela do favorito. Quiçá, o título de campeão do dono da casa. Oba! Jogamos na Zoropa e o prêmio merece ir para um país   de primeiro mundo. 

Pior nem é isso. Pior é o crime, cometido dentro do Brasil e ficar impune. Parece que os campos de futebol estão fora das leis brasileiras. Seriam como embaixadas . Da FIFA Ipso facto. Os crimes cometidos nos estádios, quando em competições da FIFA, não  são da competência do país sede.
Com certeza, o parlamento do país abriu mão da soberania em nome do povo que representa, cunhando lei não prevista no ordenamento jurídico nacional. Azar o deles.

Mas o que importa? Crime no futebol só vale para um país como o Uruguai, cuja Seleção sofreu baixa porque seu craque deu mordida infantil em jogador europeu. Aí a punição é implacável. Zoropeu não!
Mas se a briga é de cachorro pequeno, deixa pra lá. Essa gentalha é lixo E, são eles mesmos que dizem, de boca cheia. 

E, como fica FIFA? KLIKA

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Neymar: Crime sem punição

                                       

Uma das coisas mais medonhas que se possa ver são os comentários mesquinhos sobre Neymar cair em campo. Não se pode admitir que comentaristas não percebam que o jogador é perseguido e atacado em campo por botinudos sem nenhuma áurea de craque.

Estrangeiros falarem mal dos brasileiros a gente aceita. Mas os comentaristas, pagos para falar mal do Brasil, é inadimissível.

Maradona é um mal carater, chincheiro, sabidamente  um debochado, mal exemplo  e que nunca jogou futebol como muitos outros craques brasileiros mas a Argentina nunca fala mal dele. Existe no Brasil o oposto. São pessoas que entulham a net, os  jornais e revistas para desancar uns e outros, beirando ao crime previsto na lei penal. Tenho nojo, asco dessa gente.

Luiz Soarez foi punido como nunca , por uma mordida infantil. O que a FIFA vai fazer com o colombiano que quebrou a coluna de Neymar em lance, covarde,pelas costas, no jogo Brasil e Colômbia?

                                   
Para mim, a Copa do Mundo 2014 acabou. Não dá para ver um campeonato em que tantas aves de mau agouro , piaram qual abutres atrás de carniça e , agora comemoram a desgraça tão ansiada.
Nada mudou desde a Copa de 1966 quando Pelé foi caçado em campo, com chutes e pontapés, nascendo o futebol força. Copa após Copa, os jogadores brasileiros sofrem com os botinudos do esporte. Na Copa de 2010, quando um jogador  sofreu entrada dura na perna por um jogador horroroso da Costa do Marfim a Copa começou a ser perdida ali.

Portanto, seus contras, podem comemorar, a Copa foi pro brejo. Não só porque a Seleção perdeu Neymar mas porque ninguém consegue ganhar um título depois de um crime desses.

Ainda mais, jogando sem goleiro!

Vc é contra a Copa? Então, deleite-se KLIKA ou AQUI

Não existe crime no esporte? É preciso avançar : KLIKA

Para as aves de mau agouro: KLIKA

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Lamúria de perdedor

                 
Bem informado? KLIKA

       

Para alguns nacionais, as Copas de 50 e 82 são como Auschwitz para alguns judeus. Eu vi um documentário  onde mostra um judeu, manifestando cansaço ante o ruminar interminável de acontecimento tão sofrido. É retalhado e às beiras de perder o direito de visitar Israel.

Tem gente que não consegue superar a derrota. Nem mesmo com o passar de décadas. E, enquanto a geração de cinquenta vai batendo as botas, a de 82 garante a ladainha mais chata do Brasil, a lamúria do perdedor.

Pior é o torcedor  obrigado a conviver com as duas ladainhas. Pior ainda, quando os cantadores do sofrimento de cordel não respeitam as transformações no esporte, trazidas por quem eles são incapazes de achar defeitos. Exigem que o Brasil adapte-se às transformações do mundo para progredir, desde que não seja no futebol. Este é para os macaquitos darem espetáculo enquanto os leões abocanham suas presas.

Exatamente por acreditarem em comentaristas, pagos para falar mal do Brasil, as Seleções abriram guarda em vez de mandarem esses caras se calarem. Para sempre, se for possível.

Eles são formidáveis. Mas foi aqui que a bomba estourou: KLIKA

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Frio na espinha

                                      
- Carcará à  vista! ( Um clique para ver grande)

A Colômbia é a próxima a jogar com a Seleção. Vem mordida, tirando adversários importantes. Por trás dela está o incentivo da vitória contra a discriminação nascida do narcotráfico. Hoje fazem vinte anos do assassinato do jogador que fez gol contra na Copa dos EUA, Andres Escobar. O mesmo narcotráfico dominava o futebol colombiano. Narcotraficantes apostaram alto na seleção e perderam feio com a derrota. Como imbecis totais, precionaram tanto os jogadores que eles meteram os pés pelas mãos. Ainda durante o torneio um irmão de outro jogador foi morto como alerta.  

Depois da derrota na Copa,vários jogadores tiveram cuidado mas Escobar não aceitou mudança de rotina e ficar preso dentro de casa. Foi morto ao sair de uma boate. Só então, escândalo total, os demais jogadores receberam proteção policial. Todos abandonaram o futebol. Inclusive Valderama, jogador habilidoso para o deleite de quem gosta de futebol. A morte de Escobar  serviu para o governo acabar com a cúpula da federação colombiana, com mortes de chefões do crime organizado ou prisão geral.

O esporte entrou em decadência, os times semi falidos, à beira de fechar as portas . Para algo serviu jogar na zoropa. Formaram uma seleção aguerrida e sua estrela é profissional desde os quatorze anos. De Messi para Neymar, badaladíssimos por essas bandas, James Rodriguez não fica atrás.

Informação? KLIKA

terça-feira, 1 de julho de 2014

- Sabe de nada, inocente !

                               


Na história do futebol brasileiro, não se tem notícias  de comportamento positivo da mídia . Todas as Seleções foram pichadas, esculhambadas. T o d a s !  Estavam desesperados por não ter o que falar mal da Seleção 2014. Ouvi mais de um, dizendo que algum coisa estava errada porque estava tudo dando certo.

Os comentaristas surgem qual erva daninha. Falam mal, são contraditórios e remam com a maré. Poucos possuem perspicácia e inteligente apurada. Coragem zero. A maioria é pinçado do banco da praça, jogando dominó. Ex jogadores, falidos ou envelhecidos, com vocabulário restrito, sotaques insuportáveis, alguns saudosos dos, fracassados, velhos tempos. 

Para enfeitar os programas, essa malta de pessimistas contrata moças bonitas, muito bonitas, sempre sorrindo, dentes  belos à mostra, bem maquiadas, roupas justas, de pé , desde as primeiras horas à madrugada. Enquanto isso, somos obrigadas a conviver com homens impotentes, velhos, enrugados, mambembes , com barba por fazer , voz enrouquecida pelo picumã do cigarro, vestidos com roupas de churrasco, sentados como em banco de praia. Balofos à parte...

Do vocabulário melhor destaca-se Edmundo surpreendente e fora dos jargões. Bem vestido e impecável, salva Falcão.  Ambos ex jogadores com inimigos que não perdem a oportunidade para injuriá-los. Baran  está acima do limbo. Permanecem fora do saudosismo e da discórdia.

Mas quem falta mesmo com sua inteligência impar , criativa a cunhar frases lapidares é Nelson Rodrigues. Brasileiro, culto, longe de ser aculturado, calaria a boca de muito bestunto de plantão. Foi ele, por exemplo, quem  cunhou a frase: Brasileiro vaia até minuto de silêncio. 

Em assim sendo, UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU ! Para a mídia sem noção, burra, destrutiva, invejosa, fantoche sem diploma, a cultivar derrotas e a buscar lágrimas no povo brasileiro.

Um dos alvos dos destrutivos de plantão ? KLIKA
Se dependesse da mídia  aculturada: KLIKA