segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Nada muda no reino de Abrantes.

                        


Nada muda na corrida presidencial. Rei morto, rei posto. Eduardo Campos morreu àtoa. Não tinha a mínima chance de vitória. Marina é piada. Nem partido político  possui. É chupim. Enquanto isso, filhos  do morto fazem selfie no velório, cantam hinos e jogam beijos para os eleitores. A mídia mostra o que lhe convém: Os filhos abraçados com a mãe na beira do caixão. Só acredita em político quem se dá.

Enquanto isso, a artimanha é  montada.KLIKA

3 comentários:

Lulu on the Sky disse...

Não foi só filho do morto, vi outras pessoas fazendo selfie no velório. Achei uma falta de respeito enorme.
Ótimo dia pra vc.
Big beijos
Lulu on the Sky

DO disse...

Achei o fim do mundo...

Nana disse...

Não conhecia direito o Eduardo Campos, mas detestei o espetáculo que sua morte virou em troca de futuros votos de eleitores que se deixam levar pela emoção do momento.
Bj e fk c Deus.
Nana
http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br/