domingo, 10 de agosto de 2014

O engodo

                                     

O sistema  desistiu de educar o povo, mostrando o verdadeiro papel do pai na sociedade e privilegiou o castigo. Vale, apenas, a mensagem de ser bonzinho, nas propagandas comerciais para alavancar o combalido comércio.

O castigo ao homem, perdido nas marafundas das transformações modernas, é a desconstrução cada vez maior da figura masculina. O resultado é o pânico que toma conta dos infelizes, correndo como baratas tontas, tentando defender-se. Metem os pés pelas mãos, como sói acontecer, sem nenhuma novidade.

Dia dos pais para muitas crianças e seus pais, dói como ferro em brasa no coração.

Enquanto isso, os de ouvidos moucos dançam, com os olhos tapados, fingindo felicidade.

Pelo fim da ditadura da maternidade: KLIKA

#forapetralhas

Um comentário:

Flavia Moura disse...

Graças à Deus, os homens estão cada vez mais tomando a consciência de sua importância na participação da criação dos filhos.
Vejo muito aqui no Rio e faço votos que os mais broncos sigam o exemplo.

Achei lindo o novo layout.
Bjs.