terça-feira, 26 de setembro de 2017

Terremoto no México



                               

Quero prestar solidariedade ao México como nação e aos mexicanos, em sua população tão sofrida com os terremotos da última semana.

Eu não tenho dinheiro e nem condições de prestar ajuda, fundamental nesse momento. Sabemos que o México é nação que luta contra a pobreza e a reconstrução  não será fácil.
Eu  li protestos contra o presidente da república, visto aos sorrisos em meio ao sofrimento, pelo medo de desvios de verba e pela corrupção semelhante a do Brasil.
Um país subdesenvolvido tem em seus governantes o resultado direto porque apoderam-se de verbas milionárias. Pelo menos é como no Brasil onde a arrecadação dos impostos é trilhonária mas boa parte vai para essa gente medonha. O povo continua miserável enquanto a classe política enriquece do dia para a noite. Para não dizer dos componentes da máquina do estado, todos ricos porque os vencimentos são exorbitantes. Mesmo quando o país vai mal, o aumento dos salários continua como se nada estivesse acontecendo.
Por último, o povo tem feito manifestação e as redes sociais repercutem a indignação a ponto de obstar últimos aumentos propostos pelo Poder Judiciário.

Todo essa bandalha cometida pelos petralhas e que arrastou empresários, banqueiros e hordas de aproveitadores do dinheiro público e seus cargos protegidos por prerrogativas constitucionais, tem um  resultado que pode sedmentar na sociedade. Os fatos vindo a público são dolorosos mas fará mudar a mentalidade denegrida dos últimos anos.

No México como no Brasil a história é a mesma e mostra porque são subdesenvolvidos e a miséria não consegue ser dissipada.

Desejo forças aos mexicanos, especialmente aos que por aqui passam prestigiando a minha página.

Força que o futuro será promissor !

Nenhum comentário: