segunda-feira, 7 de março de 2011

Emoção e carnaval



No geral, não vejo diferença em desfile de Escolas de Samba. Talvez, só especialistas conseguem perceber uma diferença entre esta ou aquela escola.

Este ano, no entanto, eu vi uma diferença interessante: A bateria da Mangueira parou, deu uma pausa,( não uma parada) para dar destaque às vozes , cantando em plenos pulmões. Não só a escola, propriamente dita, mas a multidão que assistia.

Achei ótimo, realmente emocionante. Posso ser tendenciosa porque, entre todas as baterias, dou destaque para a Mangueira. Gosto do toque dos surdos e do grave dos tambores. Meu ouvido não gosta muito de sons estridentes.

A parada da bateria , as vozes, cantando em uníssono e , após minuto, a entrada forte dos tambores, foi magnífico!

Nota: Eu pensei que não entendia de carnaval e de baterias de Escolas de Samba mas este fato gerou controvérsias na apuração e na postura de determinados jurados conservadores. Para haver mudança há de enfrentar a pasmaceira!

6 comentários:

Lucimere disse...

não sou especialista, mas consigo preferir umas as outras; Curioso é que nas baterias que eu não consigo ver tanta diferença. gosto muito de todas. A Mangueira arrasou na paradona, tb gostei à beça, uma versão prolongada das paradinhas criadas pela mocidade.
bjosss

Jota Effe Esse disse...

Magui, tens toda razão quanto a essa entrada dos tambores ser emocionante, mas só quem não gosta de carnaval pode dizer que não vê diferença entre uma escola e outra. Meu beijo.

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Há diferenças entre as escolas de samba e principalmente na bateria... Aqui em São Paulo, a Mocidade Alegre fez a mesma "paradona" da Mangueira... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

Blog do Beagle disse...

Assisti essa parada no jornal. Não vejp os desfiles. São longos e cansativos. Gostei, também, como vc. Valeu, Magui. Bjs. Elza

Edite disse...

Não consigo ver os desfiles no total. Acho-os cansativos e repetitivos. Mas gostaria de er visto esta parada. Uma inovação?...

Ana Miranda disse...

Você sabe que eu também acho tudo muuuuuuito parecido? E não só entre uma escola e outra, mas todo ano, pelo menos para mim, é a mesma coisa...