sábado, 30 de abril de 2011

Pierre Cardin

                                
Pierre Cardin está no Brasil. Alegre, gentil e pronto para atender a todos.
Eu acompanho a carreira dele porque é um verdadeiro estilista.Suas roupas são feitas para a mulher comum e, talvez por isto, criou a roupa pronta para ser comprada.
Antes dele, a roupa era feita por costureiras corpo a corpo.Para quem não viveu esta época não faz idéia do sacrifício.Achar uma 
costureira disponível era um horror e os preços para a roupa ser feita eram altíssimos ante os preços de roupas prontas.Em emergências, festas , passeios ou um simples dia-a-dia era um tormento .

Fora isto , Pierre Cardin, inovou em móveis, óculos, sapatos, bijuterias , roupas íntimas e um cem número de itens. Facilitou a nossa vida, inovou,contribuiu para a humanidade desenvolver as relações sociais. Colaborou, sensivelmente, para o avanço na vida da mulher, tanto no corre-corre como para sua emancipação. Sem duvidas é um dos maiores criadores e  empresários deste campo, sempre inovador. Até artista de filme ele foi.
Quero prestar minhas homenagens a ele. Viver depois dele ficou bem mais fácil.

8 comentários:

Ana Miranda disse...

Magui, essa faceta é nova para mim, nunca lhe imaginei assim, interessada em moda...
Engraçado isso, né?
Até pessoas a quem não conhecemos pessoalmente, tendemos a traçar um perfil...
Eu sou uma negação para esse lance de moda. Nunca sei combinar nada com nada.
Ainda bem que tenho o estilo casual, aí fica bem mais fácil, né?

Jota Effe Esse disse...

Eu concordo com você, Magui, mas houve uma época em que achava muito estranho que ele se metesse com tantas coisas: além de roupas, havia óculos, colchões... só faltava entrar nos restaurantes e criar o prato Pierre Cardin. Meu beijo.

J.F. disse...

Magui, nunca me havia dado conta disso. Acredito que muita gente, como eu, usa as roupas, óculos, e um sem número de ítens, e nunca havia pensado no grande empresário por trás de tudo isso. Parabéns pela blogagem. Muito interessante.
Abração.

Anônimo disse...

Ana Miranda, ela não entende nada de moda...anda extremamente mal vestida..esse papo dela de moda vai ao contrio o que sempre falou...a falsa feminista

Maria Inês disse...

Olá. O império do Cardin é imenso. É um homem de visão e sua genialidade abrange hotés, todos os ramos da moda, restaurantes teatro, museus etc. Quanto a escrever sobre moda não há necessidade de se andar bem ou mau vestida. É preciso ser observadora, crítica e bem informada .Hoje em dia cada um tem seu próprio estilo e já se foi o tempo em devíamos dar satisfação aos " outros " sobre o nosso modo de vestir. Liberdade de estilos , de ideias etc, etc.

Nana disse...

Gostei do post. Não conhecia muito bem a história dele.
Tem post novo na área!
Bjs e fik c Deus.

Maria Eugênia disse...

xii... Magui, tem gente que não é tão anônima assim no pedaço... se entregou... vc pode não entender de moda, mas a pessoa anônima não entende nada de escrever... interpretação de texto...
kakakaka...

Lucimere disse...

Eu não sabia que tinha sido dele a criação de roupas prontas etc. Legal.

bjo