sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Barras e arapucas

Fazer compras em supermercado é uma aventura perigosa. Está em uso  colocar o preço em etiquetas mas as barras mostram outro preço. A certeza de que não serão checados todas as barras na maquininha escondida lá no canto, leva  à fraude ao consumidor.

Sugiro dar uma incerta e verificar os preços. Já reparou que o total a pagar tem surpresas no montante ? Pois é, está aí a arapuca.

7 comentários:

Engraçadinha disse...

Pois é... eu fico ligadíssima e o q vale é o menor preço, sempre!

Maria Inês disse...

O jeito é decorar os preços do que estamos comprando e conferir no recibo que o supermercado entrega para o comprador. Hoje fiz a compra mensal(o essencial) e ao chegar em casa confiri um por um os valores impressos. Já aconteceu de encontrar diferença e voltar ao supermercado e eles devolveram a diferença. Temos que ficar de olho. Além do mais os preços subiram assustadoramente.Depois falam que a inflação caiu. Será????Acho que ela está firme no nosso dia a dia.

Maria Olívia disse...

você tem razão. Alguns produtos costumam ter preços diferentes. Já percebi isso. E as vezes quando são alertados, os funcionários fingem que não sabem de nada. Um abraço

Beth disse...

Nossa, há quanto tempo não vinha aqui. Como vai, Magui? Mas li os últimos postos, ótimos por sinal.
Sobre os preços: fico atenta. Já aconteceu de estar um preço na plaquinha da bandeja do produto e na hora de passar no caixa, o código de barras apontar outro. Chio na hora, não vem que não tem. Já chamei muito gerente, já rodei muita baiana, QUASE sempre com elegância, mas firmeza. Quase? Sim, houve casos em que tentaram me demover de pagar o preço certo e aí... bom, aí não dá né?
Beijos querida, boa semana.

DO disse...

É o país dos espertinhos. bjo

Nanda disse...

Tem que conferir cada detalhe; se for confiar; já viu... Teoricamente, é pra simplificar, mas acaba complicando. Neste país sempre é assim...rs

Fábio Mayer disse...

E isso é crime.

Eu sugiro levar um caderninho ou uma calculadora e anotar os preços numa soma, conferindo-a com a do caixa.

Se tiver problema, chamar o gerente e fazer a conferência e, se for o caso, fazer BO.