sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A China não é aqui

                                    
A Europa sempre  torceu o nariz para a China. Desde Marco Polo, roubou suas invenções e muito dos seus costumes para promover os europeus, auto proclamados  como a razão da existência da espécie humana.

À vista das mudanças de condições na usurpação do resto da  humanidade e sem condições de fazer guerras de destruição de si mesmos, o sustento das verbas para fornecimento das lantejoulas da sua civilização fica cada vez mais difícil.

O estilo de vida europeu, cheio de monumentos megalômanos para mostrar como são ricos, inteligentes e guerreiros, depois de chutar seus pobres para a América durante séculos ou fazer de bucha de canhão a juventude periférica, vem mostrando cansaço.

A China não é como a América, não  é formada por nações em embrião mas com civilização milenar pronta para enfrentar a decisão dos comandos de quem lhes permite. Faz o que lhe apetece com a composição de  uma população controlada por disciplina feita a chicote.

Diferentemente do Brasil, não quer bancar o bonzinho do mundo e nem precisa pedir arrego para ser respeitada; não tem complexo de inferioridade.

Então, se a Europa quer dinheiro para pagar as suas lambanças econômicas vai ter que abrir mão de sua pose. Nem os alemães tem pena dos arroubos da elite mundial, povo que não saiu da sua condição de barbárie na avaliação dos mesmos. Só gostaria que aquele povinho brigão das ruas européias, que cuspiram na cara dos brasileiros durante tanto tempo, não venham para cá nem façam guerras para resolver suas mazelas, arrastando o planeta. Por isso não, pois já ensaiam cuspir no Irã, ávidos  para se verem livres dos que protestam porque a elite continua rica.

Os donos do mundo continuam ávidos e alvos mas os alvos são outros.

A China? Não está nem aí... KLIKA


 

4 comentários:

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Agora ocorre uma imigração de muitos jovens espanhóis e portugueses para o Brasil.. Quem diria.. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

tony disse...

A China é um mundo a parte, que conheceremos, de verdade, apenas quando eles quiserem que assim seja.

Sobre o gas, não deveria ser, mas o governador do rio pode fazer questão que seja!

Engraçadinha disse...

Magui, só depois de ler a matéria e ver seu post é q me deu vontade de rir.
Vc é genial nas suas colocações.

Maria Inês disse...

Você não imagine a quantidade de arquitetos espanhóis e portugueses que estão vindo para o Brasil. Lembra o que os portugueses faziam com os dentistas brasileiros que foram para lá? Eram tratados como reles arranca dentes ou nem isto. Como diria mnha amiga: "Toma distraído!!!"