terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Michel Teló

                                                       

A internet vem definindo sucessos musicais, lançando cantores, passando por cima de gravadoras que querem escolher músicos para todos nós . Ainda, fortalece cantores e músicas fora do circuito.

Músicas regionais foram divulgadas como nacionais, durante décadas, impondo estilos como se fossem os únicos a serem consumidos. Quem estivesse fora do gosto musical dos considerados gênios do país estava fora de qualquer classificação boa.

A internet faz aparecer cantores que hoje são sucesso absoluto, em várias partes do mundo. O último , no Brasil, foi Michel Teló, defenestrado pelas redes de televisão por não pagar para aparecer. Ou porque a televisão não tem programas musicais, impondo ex gordos muito feios a falar sozinhos, até em entrevistas.Conheci Michel Teló há muito tempo,em canal secundário, em programa onde são mostrados diversos cantores e bandas que jamais aparecem nas redes comerciais.Já se mostrava  bom, cantando para multidão e tocando sanfona.

A televisão continua ignorando-o mas na internet é sucesso absoluto, como nunca algum outro brasileiro, atual, o foi mundo afora. Os mesmos amantes das mesmas músicas e estilos, dos lugares de sempre, continuam se mordendo de discriminação, da inveja dos derrotados.

Só espero que o cantor, nas suas apresentações pelo mundo não abandone o português, divulgue o Brasil e os brasileiros de forma bonita como em seus filmes de divulgação. Os derrotados não o fizeram pois se comprazem em mostrar um país miserável e feio, um povo sujo e mal educado, e são responsáveis diretos pela má fama do Brasil e dos brasileiros.

Interessante. Quer ver? KLIKA


8 comentários:

Fábio Mayer disse...

Tudo o que Michel Teló demonstra em "ai se te pego" é o pior do Brasil:

- coisificação da mulher, que ele "pega" como pega sabão em prateleira de supermercado;

- sexismo barato, irresponsável e precoce;

- incentivo à bebedeira que é comum entre os sertanejos universitários.

Enfim, se ele faz sucesso pelo mundo afora, melhor para ele, será lembrado em alguns anos como outro criador de uma coisa como "macarena" ou "lambada", modinha que alguns meses que varre o planeta e desaparece tão rápido quanto aparece.

Agora... isso não é cultura brasileira, isso, no máximo, é mistura entre country americano e forró brasileiro... lixo!

Lulu on the Sky® disse...

Magui, sinto falta dos programas musicais. Temos tantos talentos. Vejo uma grande massa com ódio do Teló fazer sucesso lá fora e bater grandes nomes como Coldplay e Adele. Eu particularmente não gosto das músicas dele.
Big Beijos

Maria Eugênia disse...

Magui, vc me surpreendeu com este texto...

Nana disse...

E a matéria da revista Época está gerando bastante polêmica por causa disso... Bj e fk c Deus.

DO disse...

Outro dia fiquei me perguntando de onde foi que ele saiu,rsss.
A Tal "Se te pego" é bacaninha,mas não é musica que se possa levar a serio.
bjo

claudete disse...

bom pelo menos uma coisa e fato, rs, parece que o mundo todo está pensando na "delícia da pegação", parece até que ninguém mais estava pegando nada, rs, no resto seu post está corretíssimo na abordagem. Feliz 2012!

obs: estou tendo dificuldade de postar no Uol, se quiser pode acessar o http://claudete-viaspercorridas.blogspot.com

letras de músicas disse...

ngm para o sucesso desse cara!

Fábio Mayer disse...

Ele lançou o hit em inglês.

Basicamente porque ele sabe que de cultura brasileira, não tem nada. Quer apenas faturar o máximo que puder com essa porcaria...