domingo, 17 de janeiro de 2016

O apalpador de bundas


A revista satírica da França, denominada Charlie Hebdo é boa para o lixo da humanidade.
Pratica um tipo de humor que acabou com a carreira promissora de Rafinha Bastos; destrutivo,rancoroso, discriminatório.
Quando extremistas detonaram sua redação, o mundo ficou contra. Ora, cada ação gera uma reação, positiva ou negativa.A escolher...
Nessa semana voltaram a fazer um desenho agressivo ao povo árabe,com o menino sírio que apareceu morto na praia, depois de tentativa frustrada de imigrar para a zoropa.A tradução do escrito no desenho é o seguinte:
Migrantes

O que teria se tornado o pequeno Aylan se tivesse crescido?
Apalpador de bundas na Alemanha.


Para quem ainda tem dúvidas que essa gente se acha superior a todos que não sejam eles mesmos, aí está a resposta.
Chore pitangas por quem não teria pejo em fazer correr qualquer um que não tenha cultura igual a deles.
Eu não sou Charlie Hebdo !

Quer saber mais? KLIKA

2 comentários:

DAMATA & PINCER ADVOCACIA disse...

Olá! Também não sou .....Desde o dia da mortandade dos jornalistas tenho falado os velhos ditados : " Quem procura acha" " Quem fala o que quer ouve o que não quer"...Nem leio as notícias sobre estes infelizes franceses. Tenho tanto de útil e agradável para fazer....

Maria Inês disse...

Ops...Esqueci de digitar meu nome no comentário anterior. Maria Inês