terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Duvideodó

Estão anunciando trazer para o Brasil um show com músicos remanescentes do grupo de Elvis. Músicos que o acompanharam durante os vinte anos de carreira. Duvido.

Eu fui à apresentação deste show, no Ginásio de Memphis, por sinal já demolido. Vale para  termos uma ideia de como eram os shows, mero conhecimento de como são os shows quando Elvis os apresentava. Mera curiosidade.


No espaço da entrada, tem vendas de badulaques, dos quais comprei o programa, muito bem editado. Da sorveteria, comprei um sorvete delicioso e que me lembrou um que havia na minha adolescência e não existe mais. O lugar onde fiquei era na quadra do ginásio cheio de histéricos, gritando o tempo todo.

Tem duas partes. Na primeira, um piadista conta piadas  mas ninguém presta atenção. Depois o grupo feminino apresenta-se com aquela cantoria histérica própria deles, enquanto dançam como lagartixa, mesmo gordotas e em meia idade.

Vem um intervalo de quinze minutos e eu aproveitei para observar o pessoal na área de recreação e tomar o sorvete.

Na segunda parte, apareceram a filha de Elvis com sua mãe, ambas vestidas de preto com luz por trás, escondendo suas fisionomias. Não deu para ouvir nada que falavam  pois a gritaria era demais e a filha sai, quase correndo, deixando a mãe no meio do palco. Alguns sobem nas cadeiras e gritam seus nomes em plenos pulmões.

Para a suposta entrada de Elvis, um holofote manda um feixe de luz em direção a uma  escada, ao lado do palco. Elvis entraria, surgindo na escada, subindo, ao som da Zaratrusta. Não entra ninguém mas o povo vem abaixo. A luz vai até o meio do palco e aparece Elvis em uma tela. Imagens conhecidas, velhas , nada de novo com os  músicos jovens de trinta anos antes. E, ao lado e no palco estão os mesmos músicos, da primeira fase, envelhecidos e fazendo lembrar que a figura que Elvis já fora, não estava sintonizada com o momento e nem com o evento. Eu achei tétrico.

Acabado o show, o apresentador diz a famosa frase: - Elvis já deixou o recinto. E, alguns músicos ficam no palco a dar autógrafos.

Porque duvido da anunciada  apresentação ? Porque vários já morreram, inclusive o piadista e o apresentador, dono da frase final, o ajudante de palco, alguns músicos, cantores masculinos e femininos. Muitos estão doentes, com oitenta anos ou mais.

Estou com as barbas de molho...  O pessoal daqui do Brasil, envolvido,  é uma gente que só pensa em ganhar dinheiro com o nome do REI. Isso tudo me soa como abutres na carniça. 


Aguardemos, mas com toda a certeza, o show anunciado não haverá.

4 comentários:

Lulu on the Sky® disse...

Magui, por falar em filha do Elvis preciso te perguntar: Vc ouviu falar que a Lisa não era a filha dele? Saiu uma nota na internet de uma moça que se diz filha dele, veio com uma história que a Priscila Presley foi até a Suiça pagar pra trocar a filha.
Big Beijos

Maria inês disse...

Olá! É para ir nesta loucura que vc me convidou? Credo!!!!

Telma disse...

Oi Magui, depois do que li, eu também duvido. Um óptimo dia para ti. Beijinhos

Mulher na Polícia disse...

Oi Magui!

Mas no Brasil, amiga os picaretas fazem a festa... O povo eh manso... E tudo vale como uma experiencia antropologica...

Rs rs rs

Beijo!