quarta-feira, 29 de julho de 2015

Donos do mundo e iniputáveis

                                           
                                    

Cidadãos estadunidenses transitam pelo mundo, mostrando impaciência e arrogância. Um país rico como os states onde o pobre é rico, se comparado com os africanos ou americanos do sul, não há limites no mundo em crise para essa gente mostrar seu poder.  Cometem crimes aqui ou ali, voltam para seu país e ficam impunes. Vimos isso acontecer com os pilotos, que derrubaram um avião no Brasil e, ainda, se darem por perseguidos pela corja brasileira.

Agora, um estadunidense foi caçar  na África para levar como troféu a pele e cabeça de um leão. Matou um símbolo do Zimbábue e deixou o bicho descarnado a céu aberto. Identificado, lamenta ter matado um animal conhecido e cadastrado.Nada mais. Óbvio, eles caçam gente nas arábias e ganham prêmios, filme sobre o feito e loas de toda ordem, pelo recorde de cabeças abatidas. Que diferença faz?

Tá por fora? KLIKA ou KLIKA

Ou, AQUI

Dá engulho! Vivemos em uma redoma! Aqui 

Nenhum comentário: