sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Os fornicadores

- Ups...
                              

Que horror as fofocas de alcova do ex presidente FHC! Um cara com pose de vestal, deitando cátedra de bem casado. E, a amante vingativa? Jornalista da Globo, correspondente internacional. Quando falava parecia que era a última palavra. Na mesma época da fornicação. E, o filho que ninguém quer ser pai? Não tem pai. E a mãe não se importa que se façam exames de DNA sem sua participação, no estrangeiro, para provar que o homem não é filho do catedrático de araque. Tal qual qualquer jogador de futebol semi analfabeto e suas marias chuteiras ou cantor sertanejo barrigudo e itinerante. E, para sustentar a amante, jornalista bem paga pela maior rede de comunicação do país, o político respeitado fez contrato fictício de trabalho. Eu nem entendi do que se trata. Essa gente dá tratos à bola para coisas simples. Por que não monta uma casa e vai morar com a amante como sempre foi feito. Garrincha e João Goulart disputavam a mesma vedete, inclusive  na base do tiro, dado na fechadura pelo presidente da república que chegou no apartamento da moçoila e ela não quis abrir a porta porque o jogador do Botafogo estava lá dentro. A marafunda é sempre a mesma. Simples assim. Em um país de bacantes semi nuas na televisão, os homens letrados navegam nas mesmas águas. E, a vingativa, como qualquer mulher de poucas letras, na choradeira de amante descartada, envelhecida e sempre feiosa chora pitangas por o que, ninguém sabe. Deve ser porque o velhote metido a moço trocou a jornalista pela secretária,  na cara da esposa em um matrimônio administrativo. Vir a público expor-se em um momento político moral e eticamente fazendo água por todos os furos, contando intimidades de puteiro... Odeio mulher por isso mesmo. Não conheço nenhum homem que tenha posto a cara a bater, dizendo que foi amante de alguma mulher gostosa, só para vingar-se ou promover-se. A não ser em mesa de bar, de botequim fuleiro e com a cara cheia de rabo-de-galo, contando potoca para os amigos de copo.

O mundo já teve homens mais corajosos e mulheres mais descaradas. Eram amantes e quem não gostasse que se danasse. Imagino esses merdas fornicando. Só de pensar me dá vontade de rir...

Um comentário:

Maria Inês disse...

Olá! Li a biografia da dona Rute Cardoso e ela sofreu demais com este caso do marido. Foi muito forte e ela reagiu indo morar fora do país para se distanciar desta traição. Qdo o vi chorando copiosamente na beira do caixão pensei: deve ser de remorso.