sexta-feira, 11 de março de 2011

Maremotos e tsunamis



Às vezes a profusão de notícias, a rapidez com que chegam até nós não é bom.
Acompanhar , ao vivo, a tragédia no Japão não soma nada para a humanidade.
Nem para quem tem parentes lá. Melhor é ter notícias quando tudo está definido.Ainda mais quando cada um fala o que quer, muitas vezes, sem noção com a verdade.


7 comentários:

Jens disse...

Concordo, Magui. Neste caso, o tempo real só alimenta a angústia, visto que as informações são incompletas, sem revelar a dimensão real do fato - que pode ser pior ou melhor do que se espera. Em casos assim, convém esperar a edição da reportagem.
Sobre o MMM. Li o texto no blog do Nassif e, incontinenti, formei o juízo condenatório sem atentar para o fato que se tratava de um texto de humor. No entanto, mesmo que não se refira explicitamente às mulheres, meu lado politicamente correto, cada vez mais acentuado com o decorrer dos anos, se sente desconfortável com este tipo de brincadeira - do mesmo modo que não suporta piadas que têm os negros como personagens principais. Acho que vou virar um velho intolerante e rabugento.

Beijo.

PS: sensacionais as estrepolias juvenis do teu conhecido. Bagual dos bons.
PS 2: exclui o texto anterior em razão de sutis atentados gramaticais.

FABIOTV disse...

OLá, tudo bem? Li sobre o post do Ronaldo.. Você está no caminho certo... É de se lamentar que vários jornalistas tenham caído nas premissas do marketing para retratar a aposentadoria do fenômeno. Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

miguel disse...

De fato as informações estão muito desencontradas causando maior apreensão naqueles que possuem familiares no Japão, agora, as imagens são pavorosas. Com relação ao gordo que nego-me a escrever seu nome, não suporto aquele sovina e aproveitador, como vc disse, o tempo ainda vai falar muita coisa daquele sujeito. Magui, vc é uma excelente professora, o link deu certinho, muito obrigado pela dica. Logo mais estaremos novamente por aqui, meu beijo.

Lucimere disse...

Concordo com vc. muito triste e chato... hoje ouvi a repórter falando sobre os assuntos do jornal e entre outros ela disse assim: "vcs verão a aflição dos parentes das vitimas"
Fiquei muito chateada.
bjo

Luzinha disse...

Oii MAGUI adorei o novo endereço!!!!
E concordo com vc no post!!!
Beijos

Jota Effe Esse disse...

O difícil, Magui, é esperar notícias definitivas quando estamos diante de uma tragédia como essa. Meu beijo.

Anônimo disse...

Cheguei neste "blog" através do post desta Sra. Magui, copia do post segue abaixo com o link para não haver duvidas.
Belo post DONA..........

Magui disse...

Vocês saíram do Brasil mas não tiram os olhos daqui.
Esqueçam o Brasil, o português e vivam sua nova vida como fizeram os imigrantes italianos que para cá vieram. Se forem procurados por brasileiros, digam que não o são mais e que o Brasil é uma merda que querem esquecer. Em qd tiverem filhos que o Japão não reconhece, não usem uma lei feita especialmente para atendê-los , vocês ,e deixem seus filhos apátridas mas , por favor, não os registrem como nascidos no Brasil, pois não o foram e não os amtem de vergonha.O Brasil e os brasileiros não prestam e vocês são o fino do fino.Vão cuidar da vida de vocês, dos costumes do Japão e deixem o Brasil e os brasileiros viverem como querem, pelo menos não empatamos ninguém.
Sábado, Março 19, 2011 12:48:00 PM


Link: http://www.pequenascousas.com/2011/03/cobertura-da-catastrofe-no-japao-pela.html?showComment=1300506496329#c708355458970577054

3:16 AM