sexta-feira, 25 de março de 2011

O torturador surtado


Quando levo Brisa para passear, ao cair da tarde, encontro-me, nesta época do ano, com um senhor carioca  que, também , passeia com o seu cão.
Todos que  possuem cães sabem que há uma conversa jogada fora entre  donos de cachorros. A maioria das vezes é sobre o tempo, o calor ou acontecimentos  da cidade.

Hoje, enquanto eu conversava com este senhor, chegou outra vizinha, voltando do trabalho e a conversa correu solta. Nem sei porque ele contou que foi policial, no Rio de Janeiro, e fez , na época, interrogatório dos comunistas da ditadura.

De repente, ele se inflamou ao dizer que odiava comunistas e que sabia tocar no corpo humano para fazê-lo sofrer sem deixar marca alguma. A minha vizinha tem vinte anos e, eu acho, que ela  não percebeu do que ele falava, exatamente. Contou que estudou anatomia nos EUA, na década de sessenta,  apenas para saber os pontos onde o ser humano perdia o controle sobre seu próprio corpo.

De repente , eu estava em frente de um torturador da época da ditadura. Um homem comum, um senhor a passear com seu cachorro poodle e que mantinha o mesmo ódio da época da mocidade.

Não houve diálogo. Eu tentei mas ele  começou a citar o SNI , as fichas da Dilma, do José Dirceu. Me deu medo frente sua fúria. Só deu uma pausa e perguntei se ele  lembrava-se como as mulheres eram tratadas naquela época. Se ele acreditava que aqueles comunistas iam colocar moças de dezoito anos na linha de frente. Se ele não achava que elas participavam das reuniões mas , na verdade, mais faziam a comida do que saíam para o enfrentamento. Se ele, relmente, acreditava que Dilma assaltou algum banco.

Ele me olhou muito fixamente e disse que ela foi presa no Aparelho e que ia pensar sobre isso e que amanhã continuava a conversa.O espírito saiu dele , acalmou-se, despediu-se e desceu a rua.

Minha jovem vizinha não entendeu nada da nossa conversa e eu fiquei com preguiça de explicar. Cada uma  tomou o seu caminho.

Amanhã é outro dia...


 

2 comentários:

Jota Effe Esse disse...

Com certeza ele vai forjar uma resposta que não seja comprometedora, esses monstros vivem assustados com a própria sombra. Meu beijo.

claudete disse...

Enfim , torturador é um ser sinistro...não creio que seja fabricado pelo sistema ,nasce e continua assim por toda vida. Abraços.