segunda-feira, 23 de abril de 2012

A luta não acabou

Notícia nos dá conta que um grupo de moças sumiu na rodovia entre São Mateus-ES e Prado-BA. As estradas , nesta região, desertas, são muito perigosas para mulheres sozinhas.

 De certa feita eu precisei ir a Ecoporanga-ES a trabalho. O sol estava inclemente. Na volta, um carro me perseguiu, tentando forçar-me  parar.  Colava na traseira do meu carro, passava na minha frente, diminuindo a velocidade, jogou o carro para que eu parasse no acostamento. Então, na minha frente, apareceu um caminhão bem lento e vi a oportunidade de ultrapassar, deixando-o entre nós dois. Não vi a faixa contínua e, na frente do caminhão estava o Posto da Polícia Rodoviária.Por isso ele transitava devagar. Eu, muito nervosa não percebi. Fui parada e o motorista  do carro perseguidor, escancarou-me  seu riso boçal e sumiu na estrada. Desci do carro, tentando explicar ao policial, um rapaz de menos de trinta anos, porque infringira a lei de trânsito. Mas ele estava mais preocupado em multar-me e me passar carão do que ouvir minha explicação e tentar ir atrás do vagabundo.  Acho que por ser descendente de espanhol, sapateei de raiva como taconeam os flamenguistas e fui multada antes de seguir viagem, suando por todos os poros. Um pesadelo inesquecível.

É assim que funciona a sociedade cretina onde não é permitido à mulher  viver sua liberdade. A nossa luta pela igualdade não terminou.  Mulheres continuam sendo estupradas, mortas, espancadas, injuriadas, discriminadas, sequestradas em ruas, avenidas, estradas para serem compradas e vendidas . Tudo para que sejam colocadas em seu devido lugar.

Televisiva famosa, mestiça do cão, idolo  dos adolescentes é um dos muitos péssimos  exemplos porque insentiva o que de pior tem no sistema machista que é o olhar concupiscente  retrógado e as atitudes que levam homens a comprar mulheres e estas a venderem suas vidas. Agora, o sistema quer legalizar a exploração do corpo da mulher, fazendo dele lata de lixo de homens com sexualidade dos chimpazés.

A televisão mostra mulheres dissecadas em sua forma de ser, como pobres coitadas, beirando à esquiziofrenia. De outro lado, se a mulher é forte e de pulso não pode ser mulher,sendo achincalhada como se fosse masculinizada, conforme aparece um cretino no Youtube, imitando a presidenta,sendo prontamente contratado por programa humorístico de segunda categoria mas apadrinhado pela platinada. Tudo para desmerecer a mulher, por estes pândegos sem limites.

Mas o pior, pior mesmo são as alienadas,as absolutamente estúpidas, tapadas, microcéfalas, contra as feministas  na busca pela mudança contra este estado de coisas, enquanto locupletam-se da luta renhida e não acabada.


 A mim, sobrou-me o protesto por aqui, visto não ter mais forças para lutar nas ruas ou tribunais.Quero viver para ver reais mudanças e o fim da  crueldade, pendente da inveja e da certeza  da  inferioridade.

5 comentários:

Nanda disse...

Magui, houve avanços e retrocessos - assim como em toda a sociedade. Infelizmente, hoje a educação fica em segundo plano e a beleza, em primeiro. Isso dá margem pra manutenção de preconceitos. Antes de ir: eu já dei muitas risadas com a 'Dilma' do Kibe Loco. É uma caricatura. Pena que na tv tiraram toda a graça.Boa semana.

Telma disse...

Oi Magui, que injusto teres sido multada e não o sujeito que andava a importunar-te na estrada. Infelizmente as mulheres continuam a ser tratadas com injustiça em muitas situações. Um óptimo dia para ti. Beijinhos

Engraçadinha disse...

Pois é Magui, dá tristeza de ver como a mulher se desvaloriza dia-a-dia.
Não lhe foram incutidos valores. O único valor q conhecem é o do dinheiro, então se prestam a cada papel na frente de todos...
O seu comentário referente à Dilma, não sei se concordo muito, porque esse mesmo programa q hoje faz caricatura da Dilma, tem com característica zombar de quem está no poder, seja homem ou mulher. Tanto q eles ainda hoje sacaneiam a figura do Lula.
Os mesmos têm um quadro onde zombam dos corruptos, parodiando a figura do Sarney, q obviamente não é mulher. Então eu acho q não procede esse ponto de vista, porque não é de hoje que usa-se do humor para cutucar os políticos.
No mais eu concordo que as mulheres deveriam ser mais orgulhosa dos dons que receberam, ao invés de fazer o jogo por dinheiro.

Bjim.

Magui disse...

Resposta apra Engraçadinha:

Concordo com vc quanto fazer críticas à figuras públicas, políticos ou não.Só não concordo em fazer Dilma sapatãO porque ela não tem a figura feminina estereotipada do sistema.

Lucimere disse...

Não eram só moças. Haviam rapazes tb... E agora já sabemos que foi um acidente.

Na igreja donde eu frequentava o tecladista(mas, já não era mais) foi preso sexta passada por estupro. Um choque.

Nossa que sufoco vc passou. Graças a Deus tudo acabou menos mal.

Além de tudo o que vc disse, eu só consigo acrescentar uma coisa: A legislação penal ainda beneficia o estuprador(desde 2009), tornando possível a realização de vários atos libidinosos, sem o concurso material de crimes... "hoje" o estupro é um alternativo misto... tipo... pode fazer o que quiser que a pena é uma só. Duro! Pois em tudo há de se ter equilíbrio... tudo nessa vida depende.

Agora a televisiva famosa, mestiça do cão...? não pesquei.