sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Não vai ter algema

Ele disse que está doente.
                      
            
A prisão do Rio , Bangu, tem regras terríveis. Quando uma pessoa é presa,  colocam uma camisa de malha branca, calça cinza e raspam a cabeça máquina um. E assim, aparecem em público. Diferente de Curitiba onde aparam os cabelos e a roupa é própria. Em Brasília, quando os corruptos foram presos, fizeram até gesto político, levantando os braços com a mão fechada. Em Minas Gerais, as prisões são discretas e não mostram nada.

As prisões de dois governadores do estado do Rio de Janeiro foram de dar angústia na alma do brasileiro. Foram para Bangu. É verdade que a população local fez festa e soltou foguetes mas isso não quer dizer felicidade mas alívio. Afinal, o estado está falido, os salários dos servidores cortados, os hospitais e escolas pagando o preço da corrupção, do dinheiro desviado para comprar anel de oitocentos mil reais e fim de semana, como reis, na Monarquia de Mônaco, comprar votos de eleitores mantidos na miséria. São quase trezentos milhões desviados, pelo que foi apurado até agora, pagos com dinheiro vivo e com tratativas dentro do palácio do governo.

Depois de mostrar a prisão de Garotinho, aos berros e resistindo a prisão e Cabral com uniforme e cabeça raspada penso que começa a ser desenhada a possibilidade real de o Velhaco ir para a prisão. Pelo menos os seus seguidores arrefeceram na violência. Ainda mais quando quarenta membros de um grupo com ideologia contrária aos petralhas, fez o mesmo que eles, invadindo o Congresso. Tal e qual.

A história do Brasil continua a ser escrita e sem guerras. Tem muita nação estrangeira  de olho e levantando o tapete para não ficar prá trás. Fiquem de olho porque a República das Pizzas não é mais a mesma.


Nenhum comentário: