sexta-feira, 12 de maio de 2017

Alimentação natural

                    

Os  naturebas voltam para fazendas de pequeno porte para plantar e colher sem nenhum aditivo moderno. Nem adubos, nem defensivos. A produção é caríssima e a promessa da compensação é grande porque rende pouco. Mas pregam que, alimentando-se de forma natural, com produtos tratados um a uma na atenção individual tem a garantia de mais anos saudáveis e vida mais longa.
Campanhas contra o uso de produção em larga escala chamada a Revolução Verde é, solenemente ignorada quando não combatida com veemência. Química na comida nem pensar. 

Óbvio que aqueles que se alimentam mal tem mais doenças e a medicina  relata à exaustão. Mas o mistério continua, o motivo dos longevos ainda é causa para pesquisas sérias. Um exemplo são pessoas que nunca fumaram morrerem de câncer no pulmão e outros que fumaram por sessenta anos e não tem nada. Outro que tem vida regrada, não bebe, não come coisas gordurosas e tem gota, enquanto outros esbaldam-se no torresmo com cachaça e passam a largo das consequências.

A mistureba que forma o brasileiro é uma Caixa de Pandora. Melhor viver o dia a dia para não ter surpresas e fazer parte da fila quilométrica dos hospitais. Saúde devia ser premiada nos descontos do Imposto de Renda.
Postar um comentário