quinta-feira, 18 de maio de 2017

Inimigos

                       
O que se trama dentro dessas paredes e não sabemos?
De um tudo já aconteceu aí dentro. Até fornicação com prostituta contratada, publicação de pornografia entre funcionária sem concurso mas admitida pelo tamanho das nádegas. Fotos de mulher vagabunda semi nua, nos gabinetes e sem protesto das mulheres de grelo duro. Quebra quera do patrimônio público em defesa de salário, terras invadidas dos índios, grilagem moral e pecuniária. Compra e venda dos votos dos denominados eleitores. Palavras, palavras sem sentido e conteúdo, oradores desbocados e sanguíneos, falando para plenário vazio. Parlamentares, contando piada ou dormindo enquanto havia orador na tribuna ou debate em plenário. Deputado, em plenário, vendo pornografia no computador propriedade do povo brasileiro. Votos um pelo outro. Agressão verbal e física entre deputados. Burburinho, fofocas, ignorância emanada de um povo inculto, mantido na ignorância para ser esbulhado cada vez mais. Sempre com os mesmos protagonistas. A maioria dos congressistas fica escondida, acovardada para não ser linchada por seus pares mais bandidos do que qualquer bandido de metralhadora na mão em seus PCC, CV ou  Amigos dos amigos.

Quanto o jornalismo, arma importante da nação porque diz os acontecimentos para quem sabe ler, prefere tomar partido, escolher lado. Copiar gurus estrangeiros que atacam políticos à esmo para também levar vantagem, vender e receber um dinheiro da mentira e da corrupção. Muitos deles são jornalistas de escol, recebem muito dinheiro, do total roubado do povo, para usar sua inteligência a menor. Tão corruptos quanto pois dão sustentáculo, são co autores, fazem a cabeça da massa ingênua e crédula. Escrevem notícias distorcidas, falaciosas, meias verdades, meias mentiras, meio distantes dos fatos e dos acontecimentos. A arte de escrever.

Não é privilégio do Brasil a bagunça na informação e a comemoração por atingir metas e fatos propostos. Até os EUA, o país mais desenvolvido do planeta, também tem um jornalismo tendencioso, a serviço de teorias pessoais. Há muito deixou de ser imprensa. Até eu, que tenho um inglês canhestro, não consigo acompanhar certos programas na CNN pelo tendencioso de jornalistas fazerem da emissora balcão dos seus interesses pessoais. Não é mais privilégio dos países subdesenvolvidos atacar político pelo que pensam e para tirar do poder porque perdeu nas urnas. Perto, muito perto do nível mais baixo.

Hoje, a politicalha teve uma queda vertiginosa. Delatores da Lava Jato mostram os que faltavam para serem recolhidos ao xadrez, já arrumam as malas. O presidente em exercício, Michael Temer, senadores cheios de marra e prontos para enfiar guela abaixo do eleitor  sua figura indesejada como Aécio Neves, pretensos novos ricos com os bolsos cheios do dinheiro roubado do povo e da maracutaia. Todos serão retirados da história com algemas e Sol quadrado. 

Mais do que nunca, está nas mãos dos magistrados, o futuro da nação. Isso para que o Exército e seus militares não sintam na obrigação de tomar o poder, cumprindo a Constituição Federal que confere a eles o dever de defender a pátria dos seus inimigos.

Todo cuidado é pouco.

Somente para ilustrar , KLIKA

Nenhum comentário: