quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Formalidades a parte

                                
           
Devo estar mal da cabeça. Ou aderi aos pessimistas que veem defeito em tudo. Mas não achei nada bonita a festa do time colombiano em Medelin. Deviam estar de cabeça baixa porque o choro precisa vir acompanhado da vergonha.

O que aconteceu foi um absurdo. O avião caiu por falta de combustível. Certamente não voou pela primeira vez com o mesmo perigo iminente, sem cumprir as normas. Pois o que eu ouvi foram especialistas, dizendo  que os aviões caem porque normas são descumpridas. Que os sobreviventes estão vivos porque cumpriram as normas. Mantiveram-se  com cinto de segurança, abaixaram-se na cadeira em posição fetal e ficaram firmes. Não é pois coincidência os tripulantes vivos. Eles disseram que os jogadores levantaram-se e começaram a pular, aos gritos quando a luz apagou e o avião caiu.

Mas, se estavam sem combustível e não foi a primeira vez, alguém sabia dessa prática e não denunciou. A vergonha está aí, corrupção e pobreza de uma região que não se cansa de produzir gente sem vergonha, miserável na alma e no bolso. O proprietário do avião era o piloto, só tinha um avião e tentava sobreviver dando nó em pingo d'água. O espertinho dava-se de esperto e a casa caiu levando um time inteiro, jornalistas, técnicos de comunicação, radialistas, gente que ia para uma festa e voltou em um caixão.

O brasileiro é implacável consigo mesmo mas muito bonzinho com os estrangeiros. Alguém mencionou que a responsabilidade seria da ANAC porque é a instituição, que licencia voos fretados, negou licença para fretar avião saindo do Brasil. Este passaria pelos céus da Bolívia antes de chegar na Colômbia e isso foge ao direito de licença. São normas internacionais. Mas não tem uma voz exigindo inquérito para apurar responsabilidades. O avião saiu da Bolívia? Quem fiscaliza? Qual o procedimento? Quem sabia? Onde sabia? 
Os tripulantes sobreviventes não precisam descrever situação macabra ou de desespero mas contar porque ficaram calados enquanto o patrão sabotava vidas.

Não vi pedido de perdão no estádio e isso está faltando. O resto? É mera formalidade.

Atualizado ? KLIKA

Nenhum comentário: