segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Não podem passar

                                    
As pessoas não mudam. Não que seja pessoal ou alguém em foco, mas pessoa e nada mais. A ansiedade em mostrar sucesso, ser melhor, olhar o outro como guia de sua trajetória, joga muita gente para o buraco ou para a glória.

Não há necessidade de mentir, suprimir verdades e forjar realidades que não existem a não ser na cabeça da pessoa.
Será que precisa sobreviver a um desastre de avião para perceber que o outro que vá para as calendas gregas? 

Essa roubalheira dos políticos que apoderaram-se do dinheiro da miséria para gastar em nada, mostra que essas pessoas mais do que corruptos, ladrões são cleptomaníacos megalômanos,  doentes graves. São bilhões de reais, alimentando uma cadeia de gente que ganha dinheiro com o supérfluo, com lantejoulas da civilização. Elos de uma corrente cujo  único mérito é dar emprego para meia dúzia de cabeças baixas que morreriam de fome por não ter o que fazer com sua força de trabalho.

O dinheiro roubado pela corrupção pagaria a dívida externa brasileira! E, ainda há quem critique quando essa gente recebe vitupérios nas vias públicas.

                     

Nenhum comentário: