quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

A grande muralha

                                        
Psicólogos mandam desenhar árvores para medir sua liderança

Não acredito que a imigração brasileira seja para fugir da miséria. O que os coiotes cobram para conduzir uma pessoa e fazer entrada clandestina nos EUA, dá para fazer muita coisa no Brasil.
Conheço gente que imigrou para lá e para a Europa mas por espírito aventureiro, para conhecer outros lugares. Um amigo do meu filho, cujo pai é fazendeiro graúdo em Minas Gerais, foi ser pedreiro nos states para juntar  dinheiro e comprar sua própria fazenda. Não valeu nada pois não juntou dinheiro, perdeu tempo, viveu mal por lá, longe de uma vida social que faria jus no Brasil e seu pai o ajudou na compra dela.
Essa gente não é como os imigrantes dos quais nós somos descendentes. Estes vieram para ficar, fazer sua vida e não para ser subalterno ou fazer serviço menor e que seus naturais preferem não fazer. Foi escolha de cidadania. É certo que especulo, não sou didata na matéria mas puro achismo. 
Quando esse pessoal retorna ao Brasil continuam revoltados porque não conseguiram fazer lá fora o que não fizeram no Brasil e perderam um tempo necessário para construir alguma coisa sólida e tem que começar tudo de novo.
De longe, o que eu vejo, é a manifestação cheia de ódio contra o Brasil, como se tivéssemos responsabilidade porque lavam pratos, pregam tapetes no chão ou limpam casa dos ricos. Como não se integraram na vida social e são paus mandados, não sabem os males reais pelos quais passam os EUA e o nativo.
Posso estar equivocada, é que fui criada por gente que dizia que devíamos construir uma nação, estudei em escola pública onde ouvia que tínhamos que dar tudo de nós porque eram os impostos do povo que pagavam nosso estudo e precisávamos dar algo em troca. Talvez por isso, sempre achei que seria aqui o lugar de fazer algo. 

Eu penso que um presidente da república como é do México, devia ter vergonha de defender a imigração de sua gente. Devia poupar o vexame de querer brigar com os EUA porque não querem mexicanos desqualificados ou criminosos no país vizinho. Devia esconder a cara porque o maior sonho do mexicano é poder imigrar para os states. Sabemos que a corrupção na política desse país não fica atrás do Brasil, inclusive com acusações de participação no narcotráfico porque este nunca acaba.
Em vez de buscar um controle da pobreza e da criminalidade, focando na educação para mudar o espírito belicoso herdado dos maias e astecas, prefere transferir para o outro país essa responsabilidade. Inclusive é sabido que  existe rota que passa pelo México de gente de países da América Central a caminho dos EUA. Aquilo ali é um balaio de gatos.

Aos que defendem a imigração latina, sendo contra a repatriação  porque a saída desse pessoal, dos EUA, vai criar um buraco no setor trabalhista mais baixo, penso que é o argumento mais xenófobo possível. 

Na boa, ninguém sabe o motivo dos chineses terem construído a Grande Muralha mas pode ser pelo mesmo motivo.

Nenhum comentário: