quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Beleza manchada

- Também fazia agachamento
                               
Uma coisa que não  preocupa quem mora fora dos trópicos é a mancha de Sol na pele. Nos lugares onde a pessoa sua, especialmente no rosto, a melanina emerge mais e deixa o lugar mais queimado, formando uma mancha. Com a criação do protetor solar, isso vem melhorando mas ainda persiste.

Eu vou mais longe e vejo as mulheres bonitas vítimas de sua beleza. Uma pessoa é bonita porque assim nasce. Mas não se enganem, a pessoa bonita também é discriminada. Especialmente quando está entre aqueles que precisam denegrir outros para se destacar. 

Conheço quem tenha disfarçado sua beleza para ficar entre os normais, para proteger-se das agressões, especialmente masculinas. Tive uma conhecida que dizia estar cansada de ser bonita. E, tinha vinte anos. Imagine o que passou pela vida...

Outro exemplo são as rainhas da beleza que atraem os machos qual abelha por mel e acabam sua vida sozinhas. O camarada apaixona-se pela aparência, não lhe importa a pessoa e quando a beleza desmorona, deixa a belezura a ver navios. A lista é grande. Algumas se matam. Rita Howard, que apareceu deslumbrante no filme Gilda, casou-se com dois magnatas mega conhecidos e nenhum casamento durou. Ela dizia que os homens dormiam com Gilda e a deixavam ao acordar com Rita.

Portanto, o Sol nas praias é muito bom mas deixa sequelas desagradáveis, difíceis de contornar. A pesquisa científica poderia, nem que fosse por curiosidade, verificar se as pessoas com mistura de brancos com índios ou negros, são mais propensos a adquirir manchas no rosto por efeito solar.



                                 

Nenhum comentário: