quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Políticos dos USA pedem a prisão de Sérgio Moro

                                
Não contentes em tumultuar a vida política dos USA, o Partido Democrata se mete no Brasil. Perderam mas saem, atirando para todos os lados.

Já deram palpites em vários países da América Latina. Dão ordens, ensinam como se todos fossem seus capachos e precisassem aprender do alto de suas sapiências. Mostram, com todas as letras o que foi e o que seria a gestão liderada pelo seu partido. Os gestores do mundo, o xerife do mundo, a batuta do mundo, a imposição do seu estilo de vida. Guerras de conquistas de imposição, de confronto, de intervenção dos povos. Como se viver em um país com dois partidos, alternando no poder, pudesse ser considerada democracia perfeita. Para não falar no sistema de eleição onde porcentagem ridícula da população elege um presidente, tornando um divisor de águas para impedir uma eleição democrática, na acepção da palavra.

Os deputados democratas, provavelmente no ocaso de seus mandatos, entregaram uma carta na embaixada do Brasil, protestando contra o afastamento de Dilmanta e do governo Temer. Mas o cerne da carta é pedir o afastamento do juiz togado que preside os processos sobre a corrupção no Brasil, Sérgio Moro.

Onde estamos? Quem essa vagabundagem pensa que é em interferir em nosso destino como nação? Já não basta a interferência pela ditadura? E, foi em um governo do partido Democrata do John Kennedy, um tarado pilantra. Coincidência a eleição de Trump que quer acabar com esse tipo de intervenção paga com o dinheiro do povo estadunidense?

Quero fazer meu protesto contra esse tipo de intervenção. Vão cuidar da derrota nas eleições e procurar outra coisa para fazer.

Não leu? Pois KLIKA AQUI

Nenhum comentário: